Foto Dicas Brasil Introdução à Velocidade do Obturador na Fotografia Digital - Foto Dicas Brasil
12.630 views | by Simxer
Introdução à Velocidade do Obturador na Fotografia Digital

Agora é a Sua Vez! Domine o Photoshop. Clique Aqui.

Esse artigo não é meu, mas definitivamente vale a leitura. Você que conhece meu trabalho sabe que já escrevi um livro sobre fotometria, o Fotometria Simples – Você no controle da luz, onde abordo, além de outros conceitos para uma boa exposição, a Abertura, a Velocidade e o ISO.

Eu também já abordei de forma bem completa aqui no site o parâmetro ISO, que também indico a leitura porque ele também é um parâmetro essencial para quem está iniciando.

Acho muito construtivo a visão de outros fotógrafos sobre o mesmo assunto, por isso traduzi o artigo do fotógrafo americano Darren Rowse, espero que goste e que seja muito útil.

Introdução à Velocidade do Obturador na Fotografia Digital

 

Anteriormente eu introduzi o conceito do Triângulo de Exposição como uma forma de pensar sobre sair do Modo Automático e explorar a ideia de ajustar manualmente a exposição de suas fotos.

Os três principais parâmetros que você pode ajustar são o ISO, Abertura e Velocidade do Obturador. Eu analisei e fiz ajustes anteriormente ao ISO e agora eu quero voltar a atenção para a velocidade do obturador.

O Que é Velocidade do Obturador?

©Marco Redaelli Introdução à Velocidade do Obturador na Fotografia Digital

© Marco-Redaelli

Como eu escrevi anteriormente, definido basicamente – a velocidade do obturador é a quantidade de tempo em que o obturador fica aberto.

Na fotografia de filme, essa era a quantidade de tempo em que o filme era exposto à cena que você estava fotografando e da mesma forma, na fotografia digital a velocidade do obturador é a quantidade de tempo que o seu sensor de imagem ‘vê a cena’ que você está tentando capturar.

Deixe-me tentar dividir o tópico de “Velocidade do Obturador” em alguns pedaços pequenos que devem ajudar os fotógrafos de câmeras digitais a entenderem a velocidade do obturador:

  • A velocidade do obturador é medida em segundos – ou, na maioria dos casos, frações de segundos. Quanto maior for o denominador, maior será a velocidade (ou seja, 1/1000 é muito mais rápido que 1/30).

 

  • Na maioria dos casos você provavelmente estará usando velocidades do obturador de 1/60 de segundo ou mais. Isto é porque qualquer velocidade mais lenta do que isso é muito difícil de usar sem tremer a câmera. O tremor da câmera é quando a sua câmera se move enquanto o obturador está aberto e resulta em um borrão em suas fotos.

 

  • Se você estiver usando uma velocidade do obturador menor (qualquer coisa menor do que 1/60), você provavelmente precisará usar um tripé ou algum tipo de estabilização de imagem (mais e mais câmeras estão vindo com isto embutido).

 

  • As velocidades do obturador disponíveis para você em sua câmera irão normalmente dobrar (aproximadamente) com cada configuração. Como resultado, você geralmente terá as opções para as seguintes velocidades do obturador – 1/500, 1/250, 1/125, 1/60, 1/30, 1/15, 1/8, etc. Esta ‘dobra’ é útil para lembrar que as configurações da abertura também dobram a quantidade de luz que entra – como resultado aumentar a velocidade do obturador em uma parada e diminuir a abertura em uma parada deve fornecer níveis de exposições similares. Você pode estudar mais sobre f-stop aqui.

 

  • Algumas câmeras também fornecem a opção de velocidades muito baixas do obturador, que não são frações de segundos e sim segundos (por exemplo, 1 segundo, 10 segundos, 30 segundos, etc.). Estas são usadas em situações com muito pouca luz, quando você está atrás de efeitos especiais e/ou quando você estiver tentando capturar muito movimento em uma foto. Algumas câmeras também fornecem a você a opção de fotografar no modo ‘B’ (ou ‘Bulb’). O modo bulb deixa você manter o obturador aberto até que você dispare (sempre com um disparador automático) e feche o obturador. Muito utilizado em Light PaintingFogos de Artifício e Fotografia de Feixes de luz.

 

  • Quando estiver considerando que velocidade do obturador usar em uma imagem, você sempre deve se perguntar se algo em sua cena está se movendo e como você gostaria de capturar esse movimento. Se houver um movimento em sua cena, você tem a escolha de congelar o movimento (para que ele pareça imóvel) ou deixar o objeto em movimento, borrar intencionalmente (dando uma sensação de movimento).

 

  • Para congelar o movimento em uma imagem (como nas fotos dos pássaros acima e do surfista abaixo) você deve escolher uma velocidade mais rápida do obturador e para deixar o movimento borrar, você deve escolher uma menor velocidade do obturador. As verdadeiras velocidades que você deve escolher irão variar dependendo da velocidade do alvo em sua foto e quanto você quer que ele fique borrado.

 

Na imagem do pássaro acima, a velocidade do obturador era 1/1250 de segundo, o que significa que apesar dos pássaros baterem as asas rapidamente, elas parecem estar congeladas em uma fração de segundo. A foto de surf abaixo teve uma velocidade do obturador de 1/4000 de segundo, capturando até mesmo as gotas de água precisamente.


©Pete Orelup Introdução à Velocidade do Obturador na Fotografia Digital

©Pete-Orelup

  • Movimento nem sempre é ruim. Eu falei com um fotógrafo na semana passada que me disse que ele sempre usou velocidades do obturador altas e não conseguia entender por que alguém iria querer movimento em suas imagens. Há momentos em que o movimento é bom. Por exemplo, quando você está tirando uma foto de uma cachoeira ou do mar e quer mostrar o quão rápido a água está fluindo, ou quando você está tirando uma foto de um carro de corrida e quer dar uma sensação de velocidades, ou quando você está tirando foto das estrelas e quer mostrar como as estrelas se movem durante um longo período de tempo. Em todos esses casos, escolher uma menor velocidade do obturador será a melhor forma de fazer isso. Porém, em todos esses casos você precisa usar um tripé ou você correrá o risco de arruinar as fotos adicionando movimento da câmera (um tipo diferente de borrão).

Por exemplo na paisagem seguinte, a velocidade do obturador era 1/3 de segundo, então nós vemos o movimento da água.

© Joshua Zhang Introdução à Velocidade do Obturador na Fotografia Digital

©Joshua-Zhang

  • Na foto do metrô abaixo, a velocidade do obturador era 1 segundo, então o movimento dos trens dos dois lados do alvo está belamente borrado.

 

© Joe Plasmatico Introdução à Velocidade do Obturador na Fotografia Digital

© Joe Plasmatico

Comprimento Focal e Velocidade do Obturador – outra coisa a se considerar quando for escolher a velocidade do obturador é o comprimento focal da lente que você está usando. Maiores comprimentos focais irão acentuar a quantidade de movimento da câmera que você tem, então você precisará escolher uma maior velocidade do obturador (a menos que você tenha estabilização da imagem em sua lente ou câmera). A regra geral para usar com o comprimento focal em situações sem estabilizador de imagens é escolher uma velocidade do obturador com um denominador maior do que o comprimento focal da lente. Por exemplo, se você tiver uma lente que é 50 mm, 1/60 provavelmente está tudo bem, mas se você tiver uma lente de 200 mm, você provavelmente deverá fotografar a cerca de 1/250.

 

Velocidade do Obturador – Resumindo

Lembre-se que pensar na Velocidade do Obturador sem considerar os outros dois elementos do Triângulo de Exposição (abertura e ISO) não é uma boa ideia. Conforme você mudar a velocidade do obturador, você precisará mudar um ou ambos os outros parâmetros para compensar.

Por exemplo, se você acelerar a velocidade do obturador em uma parada (por exemplo, de 1/125 para 1/250) você está praticamente deixando metade da quantidade de luz entrar em sua câmera. Para compensar, você provavelmente precisará aumentar a sua abertura em uma parada (por exemplo, de f16 para f11). A outra alternativa seria escolher um ISO maior (você pode mudar de ISO 100 para ISO 400, por exemplo).

Em breve falarei sobre o último elemento do Triângulo de Exposição – Abertura.

Fiz as alterações e complementações que achei necessário e espero que este artigo tenha sido mais um degrau para sua jornada fotográfica!

Nos vemos em breve!

AssinaturaPosts  Introdução à Velocidade do Obturador na Fotografia Digital

Introdução à Velocidade do Obturador na Fotografia Digital 4.89/5 (97.89%) 19 votes
pixel Introdução à Velocidade do Obturador na Fotografia Digital

Slide background
Slide background
Slide background
Slide background


Simxer é autora e fundadora do Foto Dicas Brasil e Fotógrafa profissional há mais de 15 anos. É empreendedora e apaixonada pelo que faz. Autora dos Best Sellers "Fotometria Simples - Você no Controle da Luz" e "Nikon ou Canon, câmera profissional ou semiprofissional? Aprenda a decidir você mesmo", se orgulha de ministrar o melhor e mais completo curso online de fotografia para Iniciantes, o "Curso Online Fotografia Profissional para Amadores", que conta com fotógrafos iniciantes de vários países além do Brasil como Portugal, Estados Unidos, Japão e África. E está sempre em busca de despertar a sua paixão pela fotografia em outras pessoas e aprender com outros apaixonados!

19 Comments
  • Luciano Inocêncio

    Obrigado.
    Mesmo não sendo um artigo seu, você teve o carinho de pesquisar entre muitos textos disponíveis e escolher o melhor, o que mais tem relação com seu modo de expressar um novo conteúdo.
    Obrigado!!

    • Nossa, como é reconfortante ouvir exatamente a minha intenção!! Fiquei muuito feliz com seu comentário Luciano!! Obrigada!

      Abraços,
      Simxer

  • Alexandre Rovarotto

    Muito esclarecedor o artigo, Simxer. Muito obrigado.

  • Olá, Sou um entusiasta da arte da fotografia, acompanho alguns canais no Youtube e leio artigos em blogs. Gostei muito da sua forma de abordar os assuntos didaticamente, certamente irei acompanhar os artigos de seu site.

    Parabéns!

  • Ótimo artigo parabéns! Seus artigos tem me ensinado muito. Obrigado Simxer.

  • É muito bom ter dicas em português sobre os mais diversos assuntos.Gostei muito da sua explicação. Até então eu só lia sobre isso em inglês, o qual eu não domino totalmente.

  • Sempre tem alguma coisa a mais para nosso universo de fotografia, nos artigos que você publica, tanto nos que você escreve quanto nos que cuidadosamente escolhe para colocar aqui.
    Na primeira foto caberia uma velocidade de 1", F5.0 e ISO 200?

    • Oi Antônio, imagino que esteja se referindo a foto dos pássaros, certo? Então a ideia é velocidade alta para conseguir congelar os pássaros voando, 1" infelizmente borraria.

      Esse é o EXIF da foto: Canon EOS 7D distância focal – 400mm – abertura ƒ/3.5 -velocidade: 1/1250s – ISO 800

      Espero que tenha ajudado!

      Abração,
      Simxer

  • Obrigado pelas dicas. Seu blog é sensacional. To aprendendo muito

  • Adorei a reportagem, vou continuar lendo e aprendendo.
    Muito obrigado Simxer.

  • Sinxer, de todas essas dicas que encontramos por ai, as da Foto Dicas Brasil São, sem dúvidas, as melhores… Já me sinto da família… rsrsrs.

    A respeito desse assunto, fotografo muito à noite e em ambientes com pouca iluminação e confesso que tenho, por algumas vezes, certa dificuldade em controlar os 3 pilares. Em consequência, ando perdendo alguma fotos por conta da alta abertura que faço pra determinada exposição que tenho que capturar. (borra um pouco) Fico sem muita opção, já que a esse ponto, já aumentei bastante o ISO e, também, chega a granular.

    Me passe uma dica pra isso …

    • Oi Geraldo, existem outras informações "escondidas" que determinam esses resultados: Tipo de câmera, sua habilidade em fotometrar e principalmente a abertura da lente – lentes claras ajudam bastante. À noite não tem saída, pra ter boas fotos você precisa ter os três bem equacionados, além da pós-produção. Agora, vc diz que sai borrada a foto, e isso pode ser a abertura muito grande, mas se ao invés de borrado for tremida, pode se a velocidade baixa, e pra isso precisa aumentar um pouco a velocidade e de preferência fotografar em raw pra conseguir mais luz na pós, ok?
      Dá uma lida, pode ajudar: http://fotodicasbrasil.com.br/como-superar-as-lim

      Abraços,
      Simxer

  • Em tempo… todas as situações, faço uso do flash!!!

Leave a Reply

— required *

— required *

Powered by Foto Dicas Brasil.

DOWNLOAD GRÁTIS

Se inscreva na melhor lista de Fotografia, e baixe agora mesmo o Guia com "Dicas de Fotometria" e as "Melhores Dicas Fotográficas", para Imprimir e Levar Sempre com Você!