Foto Dicas Brasil Balanço de branco, o que é e como usar - Foto Dicas Brasil
Balanço de branco, o que é e como usar
38.097 views | by Simxer
Balanço de branco, o que é e como usar

Domine a Pós-Produção Fotográfica. Conheça!

Hoje você irá aprender sobre o famoso balanço de branco. Com ele, é possível ajustar as cores da imagem, fornecendo tonalidades mais naturais, esfriando ou aquecendo a foto.

Parece confuso agora, como assim mexer com a temperatura de uma fotografia? Daqui a pouco você vai entender e controlar em sua câmera também, se você quiser.

Algumas fotografias, feitas no mesmo ambiente, podem apresentar diferentes colorações. Às vezes, uma árvore fica mais verde em uma foto e uma flor fica mais amarela em outra, sendo que é a mesma paisagem. Como isso é possível? Através do balanço de branco, você consegue mexer na tonalidade da foto, escurecendo ou clareando as cores da imagem.

Como acontece a diferença na tonalidade? Pela quantidade de luz que entra na câmera. Pode acontecer dela não conseguir distinguir o que é branco no ambiente e, com isso, distorcer as cores.

Observe na imagem como cada ajuste muda a tonalidade da foto original. A maioria das câmeras digitais possuem essas opções de balanço de branco como pré-ajustadas: Automático (auto), luz do dia (daylight), nuvem (cloud), sombra(shade), tungstênio (tungsten), fluorescente (fluorescent) e flash (flash) e muitas ainda permitem o ajustem diretamente na escala de kelvin, explicada mais abaixo.

passarovariosWB Balanço de branco, o que é e como usar

Já reparou que um objeto fotografado reflete a luz do ambiente? Se a luz é branca ou amarelada, isso interfere na imagem, produzindo – a em uma cor que não é bem a original. Geralmente, o branco pode aparecer mais azulado ou amarelado. E olhe que nem estamos falando de lâmpadas coloridas, mas sim as comuns, que usamos em casa mesmo. Até pessoas podem sair com um tom de pele diferente do seu. Isso você já deve ter reparado, com certeza: uma pessoa sai mais amarelada do que é normalmente, devido à luz do ambiente ser incandescente. Vamos controlar isso?

Ajustes no balanço de branco

A câmera geralmente já vem com o balanço de branco ajustado automaticamente. Mas, você pode configurar essa opção manualmente, tonalizando as cores para que fiquem mais autênticas.

Falamos anteriormente de lâmpadas que produzem tonalidades diferentes. Em alguns casos, nem precisamos de lâmpadas para exemplificar, as paredes também refletem as luzes e mudam as cores de uma foto. O olho humano não repara muito bem nisso, só se for muito grande o contraste, porque ele automaticamente ajusta essa diferença, mas na câmera isso não acontece. Por isso, para obtermos fotos com qualidade profissional, o ajuste de branco é bem interessante e deve ser feito com atenção.

Tonalidades de luz

Como sabemos a luz do sol, natural, possui tonalidade mais amarelada, é uma cor quente. O mesmo acontece com as lâmpadas incandescentes, amareladas. Já as lâmpadas fluorescentes são mais frias, brancas e com coloração levemente azulada. Essa coloração, se não for ajustada previamente na câmera, pode e vai interferir em suas fotografias.

Escala de Kelvin (k)

E quais as tonalidades que podemos trabalhar? Além das pré-ajustadas, contamos com a escala de Kelvin, onde você pode manualmente (geralmente através de um slider onde você corre pra direita “esfriando” a cor, ou para esquerda, “esquentado”, mas alguns equipamentos permitem somente a entrada do número da escala, alterar esse valor. Nesta imagem você pode aprender como essa escala se comporta e quais números trabalhar quando estiver nestas situações.

BW escala Kelvin Balanço de branco, o que é e como usar

Balanço de brancos: configuração

Ao fazer uma foto em um ambiente com luz fluorescente, tudo o que for branco no ambiente vai ficar com um tom levemente azulado. Ora, se queremos fotografar algo branco, não queremos reflexos em azul. Imagine a frustração de uma noiva que fotografa seu vestido no grande dia e ele aparece levemente azulado? Por mais leve que seja a tonalidade, não é o branco puro que ela desejou captar. O mesmo acontece com as lâmpadas incandescentes, tudo o que for branco ficará com um tom levemente amarelado. Claro que você pode alterar as cores utilizando programas específicos para correção e edição de imagens, mas fica mais fácil se você fizer esses ajustes no balanço de brancos antes de tirar a foto.

Ajustando os balanços de branco, tudo o que é branco permanecerá branco e também as outras cores não sofrerão mudanças com a cor da luz ambiente, pois também serão ajustadas automaticamente.

Modos de ajuste do balanço de branco

Como já citamos, você pode deixar no modo automático e a câmera faz o ajuste para você. Como você está aprendendo, o recomendado é que você aprenda a configurar manualmente, ajustando as cores e deixando – as mais brilhantes e naturais.

Para dias ensolarados, configure a opção luz solar. Assim, sua câmera não refletirá a luz quente do sol e fará uma foto bonita e brilhante, com as cores reais do ambiente e do assunto fotografado, ou ainda selecione por volta de 5000k, digo por volta, porque não é uma regra rígida, lembre-se que como em qualquer ajuste manual, seja fotometria ou balanço de branco, a câmera é um instrumento para que sua foto saia como você quer!

Para dias nublados ou chuvosos, configure a opção dias nublados. Assim, a câmera fará as configurações corretas para uma boa fotografia, além de não interferir nos brancos, ou ainda, por volta de 6000k e assim por diante como na escala mostrada neste artigo.

Você também pode ajustar suas configurações para lâmpadas incandescentes ou fluorescentes, tudo isso apenas selecionando o modo correto na câmera. É fácil e produz resultados muito satisfatórios.


Em algumas câmeras, todos esses ajustes são possíveis e você ainda pode ajustar luz de flash e sombra indicando apenas a luz do local. Tudo isso interfere na produção de boas fotos.

Brincando com as tonalidades

Se o seu propósito é brincar com as tonalidades do ambiente, você pode selecionar diferentes tipos nas configurações. Por exemplo, para obter imagens mais amareladas, ajuste luz solar em dias nublados no balanço de brancos. Faça testes, brinque e escolha o melhor modo! Não tenha medo de treinar!

“Batendo” o branco

O mais importante é entender a finalidade deste ajuste e existem várias técnicas tanto para ajudar no ajuste, quanto na correção!

Em seu manual, sim, eles são úteis, vai estar descrito como você configura o balanço de branco personalizado e isso varia de marca para marca, e nem tanto de modelo para modelo. Algumas câmeras “exigem” que você primeiro fotografe uma superfície para ajuda-la na calibragem, o ideal seria uma cartão cinza, mas você pode escolher uma superfície que seja completamente branca no ambiente que está fotografando, outras, que você diga que irá fazer o ajuste personalizado e depois fotografe a superfície, outros ainda, fazem a calibragem em tempo real. Você precisa descobrir na sua câmera a melhor forma.

Este é um exemplo da visualização do setup de balanço de branco em uma Canon.

exemplo canon wb Balanço de branco, o que é e como usar

 Eu meu workshop de fotografia, eu costumo fazer um exercício desse ajuste, onde os alunos batem o branco em uma superfície coral, ao invés de branca, e com isso eles percebem visualmente como se comporta esse ajuste no sua câmera. Normalmente, temos esse resultado: A imagem da esquerda está com o balanço de branco no automático e a da direita foi dito à máquina que o coral é o branco!

resultado final Balanço de branco, o que é e como usar

 E isso acontece porque existe uma complementaridade de cores, ou seja, quando você diz pra sua câmera que o coral é branco, ela automaticamente “enxerga” azul.

E essa é a tabela de cores complementares:

balanço de branco cores complementares Balanço de branco, o que é e como usar

E aí eu tenho duas conclusões: A primeira é que você pode brincar com esse balanço pra fazer fotos criativas simplesmente alterando, ou manualmente, ou com algum modo pré-ajustado, tipo tungstênio, luz solar, etc.,

Neste exemplo da foto abaixo, eu alterei somente os Kelvins usando o Adobe Camera Raw, mas como bom observador você irá dizer: Mas lá em cima na escala de Kelvin está mostrando que 3000k é para “esquentar” a foto e essa aí debaixo está “fria”! E eu te respondo, calma, calma, na verdade nesta foto aí debaixo eu estou “enganando” o computador, porque quando abri a foto no Camera Raw, disse para ele que precisava de 3000k para minha foto ficar branca, ou seja, que ela estava amareladíssima, como se eu estivesse fotografado com uma lâmpada de tungstênio, ou seja:

explicacaoKelvin Balanço de branco, o que é e como usar

3kelvins Balanço de branco, o que é e como usar

Foto original – ©Marcio Ranauro

 E o mais importante!

Câmeras diferentes possuem resultados diferentes, existem modelos Nikon, por exemplo, e esse resultado é muito sutil, e essas mesmas câmeras possuem excelente resultado no modo automático de balanço de branco.

Já em algumas câmeras da Canon, o azul fica fortíssimo, indicando que neste caso, vale e muito fazer os testes pra descobrir os resultados.

Como fotografei alguns anos casamentos, era de suma importância fazer esse balanço de branco, o que me economizava bastante na pós-produção das fotos. Com o tempo, eu passei a fotografar somente em Raw, o que facilitou esse ajuste, como vocês podem ver nesta videoaula.

E por último, uma ótima opção também pra quem já faz pós-produção em programas como o Lightroom, Photoshop, entre outros, é utilizar a dupla imbatível, “formato Raw” e “cartões como os da Whibal“, que servem pra você ter sempre ao alcance da sua mão, uma referência de branco, entre outros. Sua utilização é simples e na videoaula você pode entender melhor o funcionamento porque eu explico como utilizar uma referência de branco, ou cinza neutro, e se eu tivesse usado o meu Whibal,  teria bastado ter fotografá-lo junto ao motivo da minha foto, ou no ambiente que eu queria garantir o balanço correto, aí era só usar a ferramenta “White balance tool” no Camera Raw, por exemplo, e meus “problemas” acabariam 😉

 Tendo em mente que é muito bom saber até onde seu equipamento pode ser configurado, e também sempre calculando sua real necessidade, abre-se um mundo de possibilidades!

É isso, espero que tenha gostado e até a próxima dica!

Ah, se você já nos curtiu no facebook, onde estamos colocando notícias e referências fotográficas pra te inspirar, ótimo! Mas não deixe de assinar nossa Newsletter, assim você não perde nenhuma atualização e ainda o lançamento do meu ebook sobre fotometria! 😉

          Hasta!

AssinaturaPosts  Balanço de branco, o que é e como usar

Balanço de branco, o que é e como usar 4.93/5 (98.70%) 46 votes
pixel Balanço de branco, o que é e como usar

Slide background
Slide background
Slide background
Slide background


Simxer é autora e fundadora do Foto Dicas Brasil e Fotógrafa profissional há mais de 15 anos. É empreendedora e apaixonada pelo que faz. Autora dos Best Sellers "Fotometria Simples - Você no Controle da Luz" e "Nikon ou Canon, câmera profissional ou semiprofissional? Aprenda a decidir você mesmo", se orgulha de ministrar o melhor e mais completo curso online de fotografia para Iniciantes, o "Curso Online Fotografia Profissional para Amadores", que conta com fotógrafos iniciantes de vários países além do Brasil como Portugal, Estados Unidos, Japão e África. E está sempre em busca de despertar a sua paixão pela fotografia em outras pessoas e aprender com outros apaixonados!

22 Comments
  • Simxer, parabéns pelos artigos. Gostaria de saber como funciona o WB para fotos noturnas. Por exemplo, se eu for montar uma panorâmica, onde o ideal seria não deixar no automático, correto? Qual o valor para a escala Kelvin?

    • Oi Marcus, obrigada pela leitura.
      Isto que você perguntou está diretamente ligado a o que você irá fotografar, em que condições de luz, e qual seu equipamento. Como disse no artigo, já vi várias Nikons trabalharem com balanço de branco no automático com excelentes resultados, e também já sofri muito com uma Canon no início da minha carreira 🙂
      Acredito que para fotografia noturna você pode testar os presets da sua câmera e ver o resultado antes de fazer sua panorâmica, além de lançar mão de fotografar em Raw. Qualquer coisa me add no Face (simxer fotógrafa) que a gente bate um papo.

      Abraços,
      Simxer

  • Simxer adquirir recentemente seu livro "Fotometria Simples" e estou gostando muito do modo como tu abrangestes os temas.
    Já fotografo alguns anos e estou sempre correndo atrás de realizar uma boa foto. Uma coisa que me preocupa muito são as luzes das filmagens, que ao meu ver, atrapalhar e muito uma boa imagem da fotografia. O que fazer? Muitas vezes, solicito ao colega que apague o refletor e outras vezes nem sempre isso é possível. Como faço para ter um melhor resultado? Grato Celso Abreu

    • Oi Celso, obrigada pela compra 🙂

      Essas luzes são cruéis mesmo, mas mesmo sendo ruim, é possível fotometrá-la de maneira a diminuir o máximo este reflexo tão ruim. Na minha experiência, a fotometria unida ao formato Raw, dá pra fazer milagres quando o colega não colabora… O livro vai te ajudar muito nisso, e qualquer dúvida, escreva!

      Abração,
      Simxer

  • Oi Simxer
    Muito esclarecedora esta matéria. Parabéns e obrigado por nos brindar com informações tão importantes e pontuais. Principalmente para quem está iniciando e começando a se apaixonar por fotografar, como eu. Grato

    • Obrigada Diogenes, pelo comentário e pela leitura! 🙂

      Fico feliz em saber que estou conseguido alcançar meu objetivo!

      Abraços,
      Simxer

  • Boa tarde, Simxer. A minha gratidao pelas aulas/informacoes que vc tem me transmitido. Voltei a fotografar depois de julho desse ano, quando adquiri uma nikon d5200. Para mim estao sendo valiosissimas. Tenho aproveitado todas as tuas dicas e, com isso, mudou quase tudo de pouco que conhecia sobre fotografias. Continuarei degustando as tuas dicas e tirando bom proveito. Fique em Paz e com Deus. abracos…miguel.

    • Obrigada Miguel, fiquei muito feliz por você ter repetido as mesmas palavras gentis em minha timeline, seja muito bem vindo e fique à vontade para perguntas ou enviar suas fotos 🙂

      Grande abraço!

      Simxer

  • Olá simxer!
    Suas dicas são sensacionais.
    Minha esposa vende semijoias e quem as fotografa sou eu (sou bancario e leigo na arte da fotografia). Nunca consigo manter o branco das fotos. Utilizo um mini estúdio fotografico para dar a sensação de branco infinito e ainda utilizo duas lâmpadas dicróicas de 50w.
    Alguma dica para eu conseguir o branco perfeito?
    Parabéns pelo site!

    • Oi Allain,

      A lâmpada dicróica puxa bastante mesmo, você precisa mudar as configurações de branco (automático, nublado, etc) pra ver o que melhor se encaixa, você não disse sua câmera e lente, mas você provavelmente tem a opção de mudar o kelvin manualmente, acho que falo isso na videoaula. Em nada chegando ao que você quer, o ideal é fotografar em raw e fazer o balanço no computador!

      Qualquer dúvida, avide.

      Abração,
      Simxer

  • Muito bom! Eu estava penando na edição das fotos porque sempre fotografo numa parede verde bem clara, quase branca, mas não é branca e o balanço de branco nunca dava o resultado esperado.
    Obrigada pelo excelente texto!

  • Boa tarde, Simxer!

    Sobre o balanço de branco na opção ''Personalizado-PRE'', o fotômetro fica oscilando (em casos sem a utilização do tripé), é necessário manter o fotômetro no meio/zero, compensar para mais ou para menos ou devo apenas ''bater o branco'' e desconsiderar essas informações do fotômetro? Não sei se fui clara na minha pergunta (risos).

    Ótimo artigo!

    Obrigada!

    Abraço,

    Priscila.

    • Oi Priscila, se eu entendi sua pergunta, você quer saber se precisa zerar o fotômetro para bater o branco, certo?

      Você não disse qual o modelo da sua câmera, porque isso pode variar (a forma de bater o branco), mas partindo do princípio que você está com uma câmera que precisa primeiro fazer uma foto "do branco" pra depois configurar, não precisa zerar o fotômetro não, basta que esteja minimamente equacionado, até porque o fotômetro nos indica aonde está a exposição neutra, ou seja é um indicativo, não uma obrigatoriedade.

      Fui clara?

      Abraços,
      Simxer

      • Olá,Simxer!

        Era essa a dúvida. Na minha câmera tem a opção de usar a foto ''do branco'' como referência, mas ao fazer a foto o fotômetro fica oscilando, por isso a dúvida se eu devo ajustar as configurações (abertura, velocidade e iso – no modo manual) ou apenas ignorar essa oscilação do fotômetro e ''bater o branco''.

        Foi clara sim, mas o ideal para o ''bater o branco'' não seria essa exposição neutra e ir configurando de acordo com a situação das fotos (exposição para mais ou para menos, no caso de roupa branca ou terno preto, por exemplo), ou não há essa necessidade?. Não sei se estou conseguindo explicar a dúvida.

        A sua resposta me ajuda bastante, da mesma forma que os seus artigos, parabéns pela atitude e pelo retorno que você dá aos que acompanham as suas postagens!

        Abraço,

        Priscila.

        • Oi Priscilla, não precisa ser tão certinha a fotometrai para bater o branco 😉

          Faça testes e veja como obterá resultados melhores.

          Obrigada pelo comentário.

          Abraços,
          Simxer

  • Parabéns pelos Post, são todos sensacionais!
    Comecei agora no mundo da fotografia, e estou aprendendo muito com você!
    Muito Obrigado!!

  • danielrodriguesroot8

    Muito legal, sempre estive pesquisando sobre fotografia, entrei em um curso agora, e agota que li este artigo estou bem adiantado sobre WB, (sem dúvidas), muito obrigado <3

  • Manuel Miranda

    qual e os kelvin que devo por nua igreja para trabalhar com o flash sd 910 e a camra e uma nikon D7100 para ficar a luz natural

    • fotodicasbrasil

      Isso depende exclusivamente da luz que você encontrará no momento que fizer a foto, a minha sugestão é começar com 5500k + ou – e ir ajustando até você ficar satisfeito, lembrando que mais aumentar esse número, mais fria será a luz e quanto mais diminuir, mais quente!Abraços, Simxer ​

Leave a Reply

— required *

— required *

Powered by Foto Dicas Brasil.