O Novo Look da Fotografia de Casamento

O Novo Look da Fotografia de Casamento

Olá fotógrafo!

Pra quem está iniciando na fotografia, eu acredito ser uma excelente ideia ficar por dentro das tendências do mercado, não importa se você pretende ou não fotografar profissionalmente, sempre será uma inspiração saber o que os profissionais da área estão fazendo pra se destacar, e neste artigo eu trago o novo look da fotografia de casamento com a tutoria da fotógrafa americana, escritora e editora Lindsay Comstock. Ela conversou com alguns colaboradores da Offset da Shutterstock que fotografam casamentos para descobrir o que é preciso para ser um excelente fotógrafo de casamento contemporâneo e esse é o resultado!

O Novo Look da Fotografia de Casamento

©Adrian Hancu

 

Liz Sloan (L Photographie)
Região: St. Louis, Missouri, Estados Unidos
Publicações: Mais de 25 publicações, includindo Saint Louis Bride Magazine

©Liz Sloan

O que mais gosta nesse trabalho: “Fotografar casamentos é uma área de emoções extremas, tanto positivas quanto negativas. Minha parte favorita é a imensa alegria e gratidão que eu recebo de tantos casais meus clientes quando eles vêem suas fotos. Existem poucos trabalhos no mundo nos quais, toda vez que você termina um projeto, você recebe esse tipo de recompensa emocional. E isso me mantém motivada.”

©Liz Sloan

©Liz Sloan

 

Tendências: “Eu acho que a principal tendência que tenho visto é que muitas ‘tradições’ que os casais achavam que tinham que fazer agora são consideradas uma escolha. Eles não precisam mais cortar o bolo ou até mesmo ter um. Agora eles podem ter tortas ou adoráveis mini crème brulees, com corações de açúcar queimado. Os noivos se verem antes da cerimônia para algumas fotos é mais comum do que não se verem (adeus superstições de noiva azarada!). A fila de cumprimentos aos pais dos noivos é agora algo raro de se ver, tendo ido na mesma direção que jogar o bouquet. Basicamente todas as regras foram jogadas da janela, e o céu é o limite! E é divertido ver para onde os nossos casais levam essa nova liberdade conquistada.”

©Liz Sloan

“Eu acho que menos pessoas sentem que têm que seguir a tendência de rústico/vintage; O Pinterest já é menos novidade. O que é bom porque eu adoro ver meus clientes terem seu casamento único, pessoal ao invés de recriarem o de outra pessoa.”

“Também, animais em casamentos! Tive muito mais cachorros tanto em casamentos quanto sessões de noivado nos últimos anos e isso me faz feliz. Quero dizer, afinal de contas, eles são membros da família também.”

Momento favorito para uma foto: “Uma parte do dia favorita é sempre o brinde. Eu consigo fazer o que mais gosto – ser invisível. Eu fico lá atrás, presto atenção, escuto, e clico enquanto espio as memórias e relacionamentos especiais. Isso sempre me enche de um sentimento caloroso e faz os longos dias longe de meus amigos e família valerem a pena.”

“Eu também fico super animada quando eu experimento uma nova ideia ou técnica e ela funciona. Nada é pior que a criatividade cair numa rotina. Como artistas, nós sempre temos que nos empurrar para tentar coisas novas e os sucessos nos mantêm motivados e querendo mais.”

©Liz Sloan

Esther Sun
Região: Califórnia e toda a costa leste dos Estados Unidos
Casamentos por ano: 30 (em média)
Publicações: Green Wedding Shoes, Style Me Pretty, Ruffled, Brides.

©Esther Sun

O que mais gosta em fotografia de casamento: “Ela empresta de vários gêneros fotográficos, incluindo fotojornalismo e retrato.”

Tendências: “Abordagens de arte e editorial para a fotografia de casamento. Meus clientes têm pedido uma abordagem mais natural; eles não querem tirar fotos pre-definidas ‘poses tradicionais’.”

©Esther Sun

©Esther Sun

Momento mágico: “Quando o casal vê um ao outro ao entrar na cerimônia. É um momento muito especial que mostra emoções genuínas não apenas do noivo e da noiva, mas também de todos os amigos e família.”

Sua coisa favorita nesse trabalho: “Eu amo a experiência de capturar momentos no tempo em imagens fixas. As pessoas envelhecem e a memória enfraquece, mas o que você capturou está capturado para sempre. Fotos não são apenas imagens. Elas são uma forma de capturar o sabor da vida. Eu também amo viajar para conhecer pessoas incríveis em um dos dias mais felizes de suas vidas.”

©Esther Sun

Inspiração: “Pessoas e Vida. Pessoas diz respeito à aprender, nutrir, lutar, crescer, e refletir. Eu vejo muita beleza nisso, e eu amo as experiências encontradas no caminho. Eu quero interagir, me conectar com o mundo e as pessoas ao meu redor. Para mim, a fotografia é um meio que eu aceitei para me expressar, e ela me permite fazê-lo através das pessoas que eu fotografo.”

Levi Ely
Região: Baseados em Columbus, Ohio, nos Estados Unidos, mas ele e sua esposa, Val, fotografam em todo o EUA e em outros países como Costa Rica, Porto Rico e País de Gales.
Casamentos por ano: 30-35
Publicações: Junebug Weddings, Style Me Pretty, Green Wedding Shoes

©Levi Ely

Sobre começar nessa área: “No início, eu não planejava fotografar casamentos. Depois de fotografar alguns pela necessidade de ganhar dinheiro, eu me dei conta de que não era tão mal quanto eu imaginava. Pule alguns anos para a frente, e eu acabei parando com todos os outros tipos de fotografia, e fiquei com fotografia de casamento comercial e editorial. Se você pega os clientes certos, fotografar casamentos é ótimo. É basicamente uma festa que dura um dia todo, com amigos e família.”

©Levi Ely

Tendências: “A palavra mais usada hoje para descrever fotografia de casamento é ‘fotojornalística’; fotografar eventos à medida em que eles acontecem, sem interferir. Algumas vezes clientes sabem o que isso significa; outros entendem apenas parcialmente. As melhores fotos que eu tiro em um casamento são aquelas onde a programação é mais livre e não há muitos eventos planejados ao longo do dia, permitindo que o dia respire; permitindo às pessoas relaxar e se divertir, sabendo que não estão com pressa. Eu me torno uma mosca na parede, e posso fotografar, e as pessoas podem ignorar o fato de que eu estou ali.”

“A indústria de casamento está mudando, no sentido de que as pessoas não sentem que elas têm que se casar onde moram. As pessoas querem se casar no lugar que elas amam; lugares com paisagens incríveis; lugares que as fazem se sentir vivas.”

©Levi Ely

©Levi Ely

Melhor parte do trabalho: “Eu amo que eu posso trabalhar de casa e tirar um dia de folga, ou uma semana de folga, se eu quiser. Sendo casado e com três filhos, coisas acontecem o tempo todo, e minha rotina precisa ser flexível. Eu tenho essa flexibilidade, e isso seria muito difícil de abrir mão. Minha parte favorita ao fotografar é quando nos tornamos amigos dos clientes. Temos casais com quem ainda somos amigos muito tempo depois de seu casamento, e isso é simplesmente a coisa mais bacana!”

Adrian Hancu
Região: Vive na França, fotografa em toda a Europa e também na Africa e Ásia
Casamentos por ano: Limitado a 25 para manter espaço para projetos comerciais, editoriais e pessoais
Prêmios: Membro premiado do Artistic Guild of the Wedding Photojournalist Association

©Adrian Hancu

Tendências: “Locais tendem a ser mais fora do comum e selvagens, desde galpões de fábricas até museus. Alguns casais querem que seus convidados não apenas assistam ao seu casamento, mas tenham uma experiência inesquecível. ‘Faça você mesmo’ também está na moda: 90% dos meus clientes ano passado escolheram fazer as decorações eles mesmos (ou com a ajuda de amigos próximos), assim como os convites (incluindo outros papéis e caligrafias impressionantes), e flores.

A cor Pantone do ano: cinco clientes escolheram ‘Radiant Orchid’ como a cor dominante para seus casamentos; até o vestido de três noivas era dessa cor. Vestidos curtos e mais noivos de bigode ou barba é notável, e filme fotográfico se tornou mais popular, ao menos na Europa central.”

 

©Adrian Hancu

©Adrian Hancu

Melhores momentos em um casamento: “Eu vejo, sinto, e vivo  próximo ao casal durante cada parte de seu casamento. Eu aprecio em especial o momento em que a noiva entra com seu pai, e o momento em que o casal troca votos, em meio à risadas e lágrimas. Eu adoro confete pela espontaneidade e pelos resultados sempre surpreendentes. Eu pacientemente espero pela primeira dança do casal pela intimidade e diversão, e pela dança da noiva com o pai pela felicidade misturada com uma certa tristeza em seus olhos. De qualquer forma, é um momento privado de emoção, tranquilidade, porque esses momentos contam histórias e recontam memórias preciosas.”

©Adrian Hancu

©Adrian Hancu

Melhor parte do trabalho: “Eu adoro comparar meu trabalho como fotógrafo (seja de casamento ou comercial) com um arco-íris no céu. Os sentimentos que eu ganho do meu trabalho são tão coloridos quanto. A beleza das pessoas que eu conheço é tão onipresente quanto a beleza da luz em cada gota de água.”

©Adrian Hancu

Inspiração: “Eu sempre me senti atraído pela luz, cores, e formas dos objetos ao meu redor. Além disso, eu amo pessoas e lugares com dinâmicas emocionais fora do comum. E claro, minha família e a harmonia que existe dentro é uma fonte de inestimável inspiração.”

Sara Wight
Região: New York, New Jérsey e Connecticut, nos Estados Unidos, e também República Dominicana, St. John e Escócia
Casamentos por ano: 30
Publicações: The Knot, Style Me Pretty, New York Magazine Weddings, InStyle

©Sara Wight

Sobre começar nessa área: “Tendo frequentado faculdade de artes, existe sempre um estigma em torno de fotografia de casamento como sendo estereotipada e cliché. Porém, quando meus amigos começaram a se casar e eu vi o trabalho criativo e inspirador que estava sendo produzido, eu me dei conta de que a indústria havia mudado muito. Fotografia de casamento é um campo artístico incrivelmente gratificante.”

©Sara Wight

Tendências: “Eu acho que as tendências no mercado de casamento são similares às tendências na indústria de fotografia em geral. As pessoas estão em busca daqueles momentos genuinamente autênticos que realmente contam uma história. Eles querem ver a melhor versão de si mesmos de uma forma natural e não imposta.”

“Noivas passam bastante tempo no Pinterest, e isso definitivamente tem formado a visão que do que elas querem para o próprio casamento. Noivas querem achar maneiras de fazer o casamento delas único e pessoal, então elas tendem a incorporar mais detalhes pessoais e prestam especial atenção na maneira em que os detalhes são fotografados. Elas querem se lembrar de todo o trabalho duro e dedicação por trás da decoração do casamento.”

©Sara Wight

Tipo preferido de casamento: “Minha formação é em fotografia de arte e meu trabalho pessoal foca em paisagens, então eu amo em especial casamentos que incorporam paisagens belas e dramáticas.”

©Sara Wight

©Sara Wight

Melhor parte do trabalho: “Eu amo a relação que eu construo com meus clientes e a confiança que eles têm em mim para fazer fotografias bonitas no dia do seu casamento. Eu levo essa responsabilidade a sério.”

Inspiração: “Emoção sem freios, luz bonita, amor, e o mundo natural.”

©Sara Wight

E você? Já pensou em fotografar um casamento? Aqui no site eu já dei Dicas Para Fotografar Casamentos e já falei também sobre os Equipamentos e acessórios para fotografar casamentospor isso, estude, pratique e inspire-se.

Boas fotos e vamos juntos!

 

Imagem em destaque: Detalhes de uma Casamento – Via Shutterstock
Dicas para fotografar casamentos

Dicas para fotografar casamentos

A fotografia de casamentos ganhou um status que atrai muito quem está começando no mercado fotográfico.

Você já faz fotografias desse tipo de evento? Não faz, mas gostaria de fazer? Não é tão difícil, são necessários alguns equipamentos especiais, algumas técnicas e recomendações, mas você pode se dar muito bem nessa atividade. Hoje, você irá aprender a fotografar casamentos, basta prestar atenção em nossas dicas. Vamos lá?

noiva-chorando-Dicas-para-fotografar-casamentos

©Carlos Tavares – Fotografia de casamentos

Eu mesma trabalhei anos neste mercado movimentado e dividi este artigo em duas partes, neste você aprenderá como se preparar para fotografar casamentos e no próximo, quais equipamentos usar. Inscreva-se na nossa newsletter e não perca nenhuma publicação.



Preparação do fotógrafo

Pode parecer engraçado, mas o fotógrafo precisa se preparar para o casamento com certa antecedência, como os noivos e parentes deles. Isso porque nada pode sair errado nesse dia tão especial para o casal e seus familiares e o fotógrafo precisa estar apto para acompanhar tudo.

Você precisa conhecer o casal, converse de antemão com eles para saber um pouco da sua história. Saiba também todos os locais que você precisará ir, como igreja e recepção e outro local caso queiram fazer fotos externas.

Ensaio-externo-Dicas-para-fotografar-casamentos

©Carlos Tavares – Fotografia de casamentos

Pegue o contato telefônico dos noivos e também dos locais do evento, deixando seu contato com eles também. Faça revisão nos pneus, no tanque de combustível e tenha dinheiro em espécie, não confie somente no cartão de crédito ou débito. Se tiver uma equipe, combine com eles o horário ou até a carona, se necessário.

No dia anterior, deixe sua roupa já pronta e vá dormir cedo. Durante o dia do evento, se alimente bem e procure estar descansado, porque a noite será puxada!!! O ideal é que você chegue no mínimo  uma hora antes da cerimônia. Combine com os noivos se será feito making of e, em caso afirmativo, você precisará chegar duas horas antes, para acompanhar a finalização dos trajes e arrumações dos noivos, como cabelo e maquiagem, no salão de beleza ou na casa do noivo. Mais dois locais para você se agendar!

Makingoff-Dicas-para-fotografar-casamentos

©Carlos Tavares – Fotografia de casamentos

Eu particularmente sempre me organizei de maneira a chegar com 3 horas de antecedência, para que nenhum imprevisto pudesse me atrasar realmente!

Um dia precisei fazer dois ensaios no estúdio antes de ir para o casamento que estava agendado, com essa minha programação, eu preferi cancelar o segundo ensaio para que eu  pudesse chegar no horário que estipulei como o mais seguro, e justamente neste dia eu tive a certeza de que esta tática funcionava muito bem. Além do primeiro taxista ter pedido pra eu descer 4 quadras depois porque teve um imprevisto pessoal(?!), eu demorei mais que o normal pra conseguir o segundo taxi, e este ainda furou o pneu no caminho! Bom, consegui chegar ao local do casamento ainda com 1 hora de antecedência. É muito bom poder resolver as coisas e ainda assim não prejudicar o trabalho. Pense nisso quando criar seus horários para trabalhar.

Visite os locais

Você poderá (e isso é um diferencial muito bacana) visitar os locais onde acontecerão as fotos (casas dos noivos, igreja, salão de beleza, recepção) e preparar de antemão em sua mente onde serão feitas as fotografias. Você tem a opção até de agendar uma sessão de fotos gratuita nesses locais para conhecer os noivos e as pessoas importantes para eles, como pais e padrinhos. Isso estabelece uma relação de confiança e você saberá como eles se comportam em frente às câmeras, se são mais tímidos, mais extrovertidos e assim poderá melhorar para que estejam ok no dia do casamento.

Se você conhecer bem os locais do evento, poderá fazer fotos externas ou ter outras ideias que não teria com a agilidade e movimentação durante o casamento, principalmente se estiver iniciando na fotografia de casamento, porque quanto mais você estiver por dentro do que irá acontecer, mais seguro ficará na hora que estiver valendo, e muitos noivos ficam felizes de perceber o seu cuidado.

Se a sua ideia é investir profissionalmente, publiquei um artigo sobre os meus principais erros quando estava iniciando, que não foram poucos 😉 que pode ser bastante útil nessa jornada: “Erros, se aproveite das minhas falhas”. E você ainda tem o bônus de fazer o download de um contrato editável e comentado para adaptar para seus clientes.

Equipamentos

Se você conheceu os lugares e os noivos, agora já sabe como será no dia do casamento. Mas, também percebeu que não tem os equipamentos necessários, já que é iniciante na profissão? Saiba que você pode alugar equipamentos e acessórios com outros fotógrafos, não sendo necessária a compra, por enquanto.

Mas aqui vai um detalhe importante! O material, seja alugado ou comprado, precisa ser dominado por você, suas técnicas de uso e manuseio. Você não pode experimentar o uso deles no dia do casamento, muito menos na hora de fotografar, precisa testá-lo e dominá-lo com dias de antecedência. Se você já conhece algum lugar bacana que alugue equipamento, compartilhe com a gente o local e a cidade.

Caso ainda tenha dúvidas, não hesite em pedir ajuda para alguém que saiba usar o equipamento.

2º Fotógrafo

Se você se sentir inseguro no início, não alugue somente o material, peça ajuda e contrate alguém mais experiente para ir com você ao casamento e te ensinar mais técnicas.

noiva-no-altar-Dicas-para-fotografar-casamentos

©Carlos Tavares – Fotografia de casamentos

O segundo fotógrafo pode ser muito útil, não só se você ainda não tem experiência, mas porque é muito mais fácil trabalhar em dupla. A pedida também vale para você se candidatar a 2º fotógrafo e assim, aprender trabalhando.

Aprender com a experiência dos outros também é uma ótima pedida, eu costumo dar  assessoria à vários iniciantes e tenho um feedback ótimo, porque quanto mais seguro você estiver com as técnicas e o mercado, mais tranquilo será seu trabalho.

Fotos do casamentos

Chegou o grande dia, você está lá pronto para fotografar. Agora, daremos dicas de situações que merecem recordações. Faça fotos dos noivos se arrumando, terminando de se vestir, arrumando os cabelos, calçando os sapatos ou da noiva se maquiando.

Faça fotos dos locais da cerimônia e da recepção vazios, valorize a decoração, inclusive dando close onde você perceber maior capricho. Preste atenção aos detalhes, como o bolo dos noivos, os vestidos das madrinhas, o traje do casal de dama e pajem, dos pais, etc. Não deixe ninguém importante de fora, mas não fotografe somente pessoas e sim valorize toda a preparação do local. Isso é muito legal e os noivos vão adorar recordar. Fotografe muito, incansavelmente.

Descobrir os motivos porque aquela decoração foi feita, ou alguma situação de como os noivos se conheceram, são detalhes que vão te permitir perceber a importâncias de todas as coisas envolvidas nesse momento tão importante.

Fiz um casamento onde havia a decoração inteira feita com muitos tsurus, ave sagrada do Japão, símbolo da saúde, boa sorte, felicidade, longevidade e fortuna. Reza a lenda que se a pessoa fizer 1.000 tsurus, usando a técnica do origami – arte secular de dobrar o papel, com o pensamento voltado para um desejo, ele poderá se realizar. Conversando com a mãe da noiva descobri que ela havia feito os 1.000 tsurus para o casamento, foram 4 meses dobrando papéis dia e noite.

tsurusDicas-para-fotografar-casamentos

©Simxer

A partir daquele momento a decoração passou a ter pra mim muito mais significado e redobrei o cuidado em registrar todos os detalhes possíveis.

Poses

Existem alguns estilos de fotografia de casamentos, provavelmente o seu cliente já conhece o seu, que pode ser mais posado, ou no estilo fotojornalismo, onde as fotos são mais naturais. Mas independente do tipo adotado, acredito que algumas fotos são necessárias para suprir as expectativas mínimas dos noivos:

  1. O vestido de noiva

 

Vestido-de-noiva-Dicas-para-fotografar-casamentos

©Carlos Tavares – Fotografia de casamentos

Normalmente a noiva gastou muito tempo procurando o vestido ideal, nada mais justo que uma foto só pra ele! Você pode ser criativo se quiser, mas não esqueça do registro puro e simples.

  1. A noiva com as madrinhas

 

Madrinhas-Dicas-para-fotografar-casamentos

As madrinhas costumam ser as amigas mais importantes na vida da noiva, esse é um registro que todas guardarão com certeza.

  1. Entrada da noiva na igreja

 

Entrada-da-noiva-frente--Dicas-para-fotografar-casamentos

©Carlos Tavares – Fotografia de casamentos

Esse é um dos momentos mais esperados por todos, a dica aqui é fazer um foto de perto, e uma que mostre eles já no altar. Ter um 2º fotógrafo aqui ajuda bastante para conseguir a foto de vários ângulos.

  1. O pai chegando com a noiva

 

Noiva-com-pai-Dicas-para-fotografar-casamentos

©Carlos Tavares – Fotografia de casamentos

Esta é outra foto importante de um casamento, você pode ter algumas variações como entregando ao noivo.

  1. O beijo dos noivos!

 

Noivos-se-olhando-Dicas-para-fotografar-casamentos

©Carlos Tavares – Fotografia de casamentos

Um clássico, o primeiro beijo como marido e mulher.

  1. Bouquet

 

Bouquet-Dicas-para-fotografar-casamentos

©Carlos Tavares – Fotografia de casamentos

Simboliza a generosidade da noiva em desejar a mesma felicidade para… quem pegar! Um momento descontraído e divertido que vale o registro.

Manejo dos equipamentos

Fuja do comum. Faça fotos ousadas, arrisque e passe emoção pelas lentes. Sempre deixe os noivos e convidados em situações confortáveis, mas, se necessário, fique em posição um pouco desconfortável para garantir que a captura seja feita de forma impecável e moderna.

Pós-sessão

Agora finalmente que você terminou de fotografar o casamento, é fazer backup de tudo e partir para a pós-produção, você pode ler aqui uma sugestão de fluxo de trabalho, caso ainda não tenha o seu.

Faz parte

Lembre-se que apesar de muito trabalhoso, esse tipo de fotografia é muito gratificante também, e todo esse processo faz parte do trabalho de um bom fotógrafo de casamentos, por isso sempre que estiver tentado a achar que alguma parte é muito cansativa ou até um pouco chata, se recorde do resultado e do quanto isso irá representar na vida dos noivos!

Bônus

Eu criei um checklist gratuito pra você baixar e  imprimir. Leve para não esquecer as possibilidades de fotos que podem ser feitas durante a cobertura fotográfica de um casamento. São 70 sugestões de fotos divididas em: Antes da Cerimônia, Durante a Cerimônia, Retratos e Recepção.

[freebiesub download=”https://fotodicasbrasil.com.br/downloads/Checklist fotografias de casamento – Foto Dicas Brasil.zip”]

Se tiver mais alguma, compartilhe com a gente nos comentários, assim vamos atualizando a checklist!

E pra fechar, essa divertida ilustração que vai te dar uma ideia do que esperar da fotografia de casamento… Ela é do fotógrafo Arthur Foschini que sabia muito bem do que estava falando 🙂

Raio-X-de-um-fotografo-de-casamento-após-um-casamento

©Arthur Foschini

E você, já fotografa casamento e tem alguma dica pra acrescentar aqui? Ou já passou por alguma situação engraçada ou até esquisita fotografando um casamento? Compartilha com a gente!

      Até a próxima!

A maioria das fotos deste artigo são do fotógrafo profissional especializado em casamentos, Carlos Tavares. É dele também a foto em destaque que foi premiada no WPJA na categoria: Sombras e Silhuetas. Valeu Carlos!