Qualidade da luz na fotografia

Qualidade da luz na fotografia

Luz! Sempre ela, sem a luz não temos fotografia, e o nosso maior desafio é controlá-la de maneira que consigamos os resultados que realmente queremos.

Você sabe que o primeiro passo é dominar a fotometria, somente com esse controle será possível também controlar os nossos resultados de maneira consistente. Mas a luz tem muitas outras características fundamentais que podemos trabalhar em nossa fotografia: Qualidade, Direção, Intensidade e Cor.

Por isso, hoje eu trago um artigo incrível dos fotógrafos do Photography Concentrate que pode começar dando-lhe algumas habilidades de luz que você pode usar em suas imagens!

Vamos falar sobre qualidade.

O Que é Qualidade de Luz?

A qualidade da luz refere-se a luz, se é dura ou macia.

Hum … o quê?

Sim! A luz pode ser dura ou macia! E o que isso significa?

“Luz dura” é a luz que produz altas luzes e sombras escuras. E essas sombras tem bordas bem definidas.

“Luz suave” produz destaques que não são tão brilhantes, e sombras que não são tão escuras. Além disso, essas sombras são menos definidas, com uma transição mais suave entre claro e escuro. Elas são freqüentemente descritas como “softs” ou “macias”.

Aqui está um exemplo. Lembre-se de verificar as sombras para ver a diferença entre a luz dura e macia.

Barril

O Que Deixa a Luz Mais Dura ou Mais Macia?

Excelente pergunta! Basicamente o que torna a luz dura ou macia é a distância da fonte de luz, em relação ao assunto.

Quanto mais distante for a fonte de luz, mais suave ela será. Quanto mais perto estiver a fonte de luz, mais dura ela será.

Agora, a parte mais importante disso é a “em relação a”.

Pense sobre o sol, ele é uma exceção. É tecnicamente uma grande fonte de luz, e mesmo estando distante, produz luz dura.

“Mas espere!”, Você já disse que “Às vezes, a luz solar parece suave! Como é possível?”

Outra boa pergunta.

Paisagem

Uma maneira de tornar suave uma luz dura é torná-la difusa. Isso significa usar algo para espalhar a luz para fora. Então, quando as nuvens passam sobre o sol, elas dispersam a luz e criam, efetivamente, uma fonte de luz mais suave como resultado.

Esses conceitos são muito básicos, mas uma vez que você compreenda-os, você pode começar a manipular a luz em todos os tipos de formas puras. Quer fazer a luz mais dura? Faça a fonte de luz ficar mais perto. Quer mudar de luz dura para suave? Basta distanciá-la ou dispersá-la com um difusor.

Dura vs. Macia Em Um Retrato

Uma das minhas maneiras favoritas de usar esse conhecimento é quando fotografo retratos. Este é o lugar onde as diferenças entre a luz dura e macia realmente entram em jogo.
Agora, como você sabe, luz dura cria destaques brilhantes e sombras escuras e bem definidas. Em um rosto, esses destaques brilhantes podem realmente dar a pele uma aparência brilhante. Isso nem sempre é desejável! A Luz dura também produz sombras mais proeminentes. Dependendo de onde a luz está, essas sombras podem escurecer uma grande parte do rosto, inclusive produzindo resultados que não fazem jus ao fotografado.

RetratoLuzDura

Agora, dito isso, você pode definitivamente usar luz dura em um retrato. Ela tende a dar uma aparência mais dramática. Apenas tome cuidado para que o resultado não pareça agressivo, e você ainda poder criar algo legal!

Mas eu tenho que admitir que eu amo fotografar com luz suave quando se trata de retratos. Os tons na pele ficam mais uniformes, as sombras são mais suaves, e mais do rosto pode ser visto. E um olhar mais suave, ajuda a concentrar-se na pessoa mais do que nas sombras. Em geral, luz suave é considerada mais lisonjeira, vamos dizer assim, para retratos, e é muito mais fácil de trabalhar.

RetratoLuzMacia

Dicas Para Fotografar Com Luz Suave e Luz Dura

Agora que você sabe as diferenças entre luz suave e dura, aqui estão algumas dicas para fotografar!

  1. Olhe Para As Sombras

O primeiro passo é o de ser capaz de diferenciar entre a luz macia e dura, e seguir as pistas das sombras. Dê uma olhada nas bordas das sombras, veja se elas são bem definidas, ou distorcidas. Que é o que lhe diz se você está trabalhando com luz dura ou macia, respectivamente. A escuridão das sombras também pode lhe dar uma dica, com luz dura, as sombras são mais escuras.

  1. Considere Os Resultados

Tanto a luz dura como a suave tem seus prós e contras, e você como fotógrafo precisa entender como elas vão afetar a sua imagem, e se você quer isso. Então dê uma olhada em sua cena, e perceba como a qualidade da luz está afetando as coisas. É luz dura criando contraste e drama? Ou é luz suave produzindo mais resultados ainda? São as sombras distraindo, ou adicionando elementos à imagem? Não há resposta certa ou errada aqui. A chave é começar a perceber e pensar sobre a qualidade de luz!

  1. Mude

Nós muitas vezes temos a opção de modificar a qualidade da luz. Lembre-se que uma fonte de luz relativamente distante geralmente produz luz suave, e uma mais próxima, produz luz dura. Então, faça a luz ficar mais distante, seja alterando a luz, movendo o assunto para mais longe da luz, ou adicionando um difusor, e você vai encontrar a luz mais suave. Mova o assunto mais perto, ou remova o difusor, e sua luz será dura. Por exemplo, se você está fotografando perto de uma uma janela, você pode se mover para mais perto e obter luz mais dura. Ou você pode fechar as cortinas para difundir a luz e torná-la mais suave!

Agora que você sabe a diferença entre a luz dura e suave, comece a olhar para a luz! É um jogo muito divertido! Tente determinar a qualidade da luz em torno de você!

Paisagem2

Esse artigo é originalmente da fotógrafa Laura Lim, fiz interferências que achei necessário. Ele faz parte de uma pequena série sobre a luz que trarei aqui pro Foto Dicas Brasil. O texto é simples e bem básico, mas acredite, conceitos como esses são fundamentais quando costurados com um conceito maior na fotografia. É claro que quando falamos de luz dura ou suave, precisamos levar em consideração a intensidade da luz, mas aqui a ideia é o conceito básico de qualidade! Observar a qualidade da luz é o primeiro passo para poder escolher como trabalhar com ela, ou até mesmo se adaptar quando for preciso, pra mim o mais importante, é compartilhar com você um conhecimento que acredito ser relevante para o resultado da sua foto.

Espero que tenha gostado, no próximo, falaremos das direções da luz.

Te espero aqui.

Bons estudos e até breve.

Imagem destacada: Flor no sol via Shutterstock