lentes da câmera fotográfica, como cuidar?

lentes da câmera fotográfica, como cuidar?

A principal dica é… Prevenção! Preven, o quê?

Eu sei, eu sei, eu tenho que me preocupar com a cena, com a fotometria, com a arte, com o resultado e ainda com o equipamento?

Bom, sem ele, nada disso vai fazer sentido, então, sim, é muito importante que você tenha cuidado com seu equipamento, normalmente eles são bem resistentes, mas sempre precisa de uma atenção especial e hoje vou falar dos principais cuidados com as lentes das câmeras fotográficas.

A tecnologia digital desenvolve-se mais rápido do que imaginamos, mas algumas coisas precisam ser feitas sempre, independente do tempo e do avanço das novas tecnologias. Entre elas a limpeza e manutenção de determinados itens como as telas touchscreen e as lentes das câmeras fotográficas.

Essas novas tecnologias exigem maior cuidado e o desenvolvimento de novas técnicas de limpeza. No caso das lentes fotográficas, apesar das diversas formas de limpeza, algumas funcionais e outras nem tanto, podendo até prejudicar nosso equipamento.

Para evitar que isso ocorra, existem várias dicas, então vamos ver como prosseguir corretamente nessa importante tarefa. Afinal de contas, a lente é e sempre será uma das mais importantes e caras partes de uma câmera e por isso merece todo o cuidado do mundo, e dependendo do modelo, pode ser praticamente um ente da família 🙂

Então mãos à obra!

Dicas para limpar as lentes da câmera fotográfica

Faça uma limpeza inicial leve nas suas lentes

Primeiro procure retirar as sujeiras mais leves antes de começar a limpeza da sujeira pesada. Como por exemplo, marcas de dedos e gordura. É necessário remover as partículas de sujeira, pó, areia, entre outras, antes de começar a remover as manchas.

Eu adoro aquelas flanelinhas sintéticas da 3M, mas tem que ter cuidado também com elas, pra não arranhar com algum tipo de grão. E você pensa que eu estou exagerando? Já vi um amigo apoiando a lente na areia da praia, quando perguntei se ele não se importava de arranhá-la, ele me respondeu que pelo preço que pagou, ela tem que ser resistente… eu sei que você JAMAIS faria algo igual, só comentei isso aí pra gente poder contextualizar as possibilidades de acidentes 🙂

Bom, nessa limpeza prévia você pode usar um desses pincéis que as mulheres usam para se maquiar. Dê preferência às cerdas realmente macias e finas, para não “machucarem” a lente, se você não faz ideia do que estou falando, peça a uma mulher pra emprestar um pincel de blush e pergunte o preço, se ele regular com a sua lente, ele é bom! Pode ser um mais barato, mas precisa ser de qualidade.

Dicas para limpar as lentes da câmera fotográfica

Depois prossiga com um pano em microfibra a seco (sim pode ser o 3M). Também é possível usar alguma solução de limpeza específica, mas a escolha requer muito cuidado e deve ser comprada em loja especializada e não em supermercado. Mas invista primeiro com o pano seco.

E Se não quiser passar o pano seco, use uma bomba de ar de leve pressão ou assopre, mas cuidado com a saliva, pode estragar a lente, e nesse caso estou me referindo à parte de trás da lente, que fica os contatos. Mas ela é tão sensível assim? Não, mas saliva definitivamente não é ideal para limpeza e pelo sim, pelo não…  mesmo com uma bomba de ar assopre de leve e confira antes do pano, pois se houver algum material mole, ele pode se espalhar com o pano pela lente.Dicas para limpar as lentes da câmera fotográfica

Enquanto escrevo, minha mente vai visitando casos que presenciei, tipo de um amigo com um super equipamento e uma das lentes mais caras que já vi, simplesmente sem proteção das suas respectivas capas dentro do case, e a minha surpresa só iria aumentar quando vi que ele acondicionou cuidadosamente uma coxinha dentro do case…

Voltando, com o pano faça movimentos circulares e constantes. Sempre com pouca força para não danificar a lente. Repita o processo várias vezes com pausa para verificar o andamento e se não há nenhum resido perigoso para a saúde da lente. Abane o pano antes de cada repetição.

No trato com as lentes DSLR não se esqueça de limpar a parte traseira também. Embora não fique exposta, vale o cuidado. Sempre é uma boa pedida usar filtros UV para proteger a parte da frente.

Ah, eu disse já que você precisa estar com as mãos limpas? Se não disse antes, digo agora, aliás, muito limpas.

Líquidos

Dicas para limpar as lentes da câmera fotográfica

Existem diversos métodos que requerem a utilização de produtos, mas muitos deles danificam a lente ao invés de limpá-la corretamente. É o caso da maior parte das sugestões caseiras de materiais líquidos, como fluido de limpeza de lentes de óculos, álcool isopropílico ou limpa vidros.

Só lembrando que Coca-Cola corrói metal, também não entra na lista de produtos a usar.

E como já foi dito acima, você deve comprar seus produtos de limpeza de lentes em uma loja especializada de fabricantes conhecidos e confiáveis e consultar um especialista se não souber qual comprar.

Lembre-se sempre de que nem tudo feito para limpar vidros de janelas, por exemplo, serve para limpar uma lente de câmera fotográfica, mas algumas pessoas insistem nessa tentativa. É preciso lembrar que a composição desses produtos, pode conter substâncias danosas para sua câmera, até no geral. É o caso de alguns desses produtos que utilizam silicone na fórmula ou álcool comum, que são extremamente prejudiciais à superfície da lente.

Entre os produtos recomendados, o mais controverso é o álcool isopropílico. Alguns dizem que ele funciona perfeitamente, mas ele demora mais para evaporar e pode manchar a lente.

Eu confesso que eu usava, há milhões de anos quando existia vídeo cassete de 7 cabeças, álcool isopropílico pra limpar os cabeçotes, mas um dia ele acabou e eu limpei durante pouco tempo com álcool comum (tipo tubarão mesmo), e funcionou… Também por pouco tempo, os cabeçotes morreram e desde então meu respeito pelo álcool isopropílico aumentou.

Mas o ideal é limpar a lente com soluções próprias para isso, São soluções mais caras, evidentemente, mas funcionam e você pode ter a convicção de que não irão estragar a lente. Opte por elas sempre, pois o dinheiro gasto nunca será maior do que em investir em uma lente nova por conta de um produto comprado indevidamente.

Dito tudo isso, bom, quem nunca no meio da cobertura de um evento descobriu que acidentalmente meteu o dedo engordurado na lente? Ou aquele sobrinho que só sossegou quando você o deixou ver a foto dele, mas segurando a câmera e engordurando sua preciosa lente? Nesse caso se você não pode parar de fotografar de jeito nenhum, pegue um pano macio ou um guardanapo e passe de-li-ca-da-men-te para tentar resolver, não vale guardanapo de boteco (que arranha a boca), nem a própria camisa daquele pano que é de última geração, aquele que esquenta no inverno e refresca no verão, porque sabe-se lá do que ele é feito, algodão 100% ainda é o mais seguro.

Apesar da minha vocação pra “professor pardal” em abrir tudo que dá defeito, com meu equipamento eu só trabalho com gente indicada e especializada!

Se por acaso sua lente apresentar sujeira dentro dela, ou até mofo, mande pra autorizada.

Eu moro no Rio e quando preciso, mando minhas lentes CANON para a autorizada em São Paulo a  NAMBA, e no caso da NIKON a T.TANAKA.

Dicas para limpar as lentes da câmera fotográfica

Com essas dicas você sempre terá sua lente em ótimo estado, menos o meu amigo fotógrafo Carlos Tavares que apesar de muito cuidadoso, um dia colocou sua câmera profissional, durante a cobertura de um evento, em cima de uma mesa e esqueceu completamente que estava com o flash externo conectado a uma bateria extra no seu bolso (aquelas que ficam com mais 4 ou 8 pilhas e se conecta ao flash por um cabo), de repente ele se levantou correndo e viu sua câmera passar na sua frente e estraçalhar sua lente no chão… É, contra esse tipo de dano, não conheço produtos indicados.

Se você conhece algum lugar confiável na sua cidade, ou algum método, técnica, produto ou até mesmo simpatia, compartilha com a gente!!!

     Até a próxima!

Assinatura Simxer - Autora do Foto Dicas Brasil

Lente Nikon, lente Canon. Lentes o quê?

Lente Nikon, lente Canon. Lentes o quê?

A lente da sua câmera, conhecida como objetiva, é a parte mais importante do seu equipamento.  Ela é responsável pelo ajuste, ângulo, enquadramento e qualidade da cena que será fotografada. Se você está entrando no mundo da fotografia agora, deve estar se perguntando, mas qual lente eu escolho?

Provavelmente haverá necessidade de trocar a sua câmera ao longo do tempo, porém no caso das lentes, será necessário apenas conservá-las, dependendo do modelo e da qualidade, pode-se até utilizá-las por toda vida e ir adaptando às novas câmeras que você adquirir.

Invista em lentes de qualidade. A qualidade dos materiais utilizados na construção da câmera reflete diretamente na qualidade das fotografias. Quanto melhor as lentes, melhor a qualidade e a nitidez das fotos, sim, mais caras são, mas normalmente valem o investimento. Até bem pouco tempo eu tinha uma tokina com corpo de ferro, que troquei por não me servia mais pros meus objetivos fotográficos, mas essa lente é imortal!

lente canon

Canon 24/85mm

Antes de comprar uma lente para sua câmera é importante saber analisar o desempenho entre um modelo e outro, verificar qual estilo de fotografia cada modelo se adapta melhor.

A finalidade das fotografias é um fator decisivo na hora de escolher qual lente comprar. Se pretender fotografar em casa ou em estúdio, uma dica é comprar lentes fixas, lente grande angular de 21 mm ou até uma lente normal de 50 mm, elas são ideais para fotografia em estúdio. Ah, você percebeu que eu disse “até uma lente normal de 50 mm?”, então, é porque particularmente não sou muito fã da 50 mm, eu sei, eu sei, ela é um ícone, mas hoje temos opções muito mais versáteis, principalmente quando estamos falando com fotógrafos iniciantes e amadores.

A minha indicação é buscar uma lente que tenha um bom range (distância entre o maior e menor mm da lente) pra que você possa testar e ver qual sua real necessidade, antes de investir em uma lente mais cara e que de repente não vai atender suas necessidades iniciais, elas são chamadas também de “street lens”.

Mas se você já quer partir pra algo mais direcionado…

Se seu objetivo é fotografar paisagens ou pessoas fora do estúdio, indico utilizar uma lente angular de 30 mm ou uma lente com zoom, que permite alterar com velocidade de uma angular para uma normal, resultando em efeitos mais alternados.

Existem diversos modelos de câmeras disponíveis no mercado.  Claras, escuras, macro, grandes angulares, e a menos conhecida entre os fotógrafos iniciantes ou amadores: A lente olho de peixe, ou fisheye. Separamos para você dicas, características e funções, para ajudar nesse direcionamento e diminuir as dúvidas na hora de escolher a lente para sua câmera.

Lentes fixas ou prime

Lente 85mm

Lente 85mm

As lentes fixas ou prime possuem apenas uma distância focal, porém as suas principais características são a leveza e qualidade.  A abertura das lentes fixas pode atingir aberturas bem grandes, mas a mais comum é a f/2.8, o que resulta em fotografias de qualidade superior e com menos distorção de imagem. São ideais para fotografar ambientes fechados.

Uma dica importante que quanto mais clara a lente, mais difícil também será fotometrar, portanto treine bastante.

Lentes com zoom  

        lente zoom - 70-300mm

Lente Zomm 70-300mm

Diferente das lentes prime, a lente zoom possui uma variação focal e contínua. A velocidade do obturador permite variar a distância, o campo abrangido e o tamanho da imagem.  É ideal para fotografar focos distantes como animais, esportes e grandes eventos.

Existem lentes com abertura fixa e variável, nas zoons variáveis, fique atento porque elas vão ficar mais escuras conforme você aproxima a imagem.

Lente grande angular

Grande Angular

Grande Angular

 

 A lente grande angular varia entre 15mm e 35mm. Sua principal característica é causar o efeito de profundidade na fotografia.  Ideal para fotografar ambientes pequenos e áreas em que é necessário enquadrar o máximo de espaço possível.

Lente normal

 

Canon 24-70mm

Canon 24-70mm

É a lente que mais se aproxima de uma visão normal, onde as imagens não sofrem ampliação e nem redução perceptível. Seus resultados são semelhantes às imagens fotografadas com a câmera de celular. Ideal para todos os tipos de fotografias.

Uma grande vantagem é não distorcer o fotografado.

Lente olho de peixe

 

Fisheye Samyang

Fisheye Samyang

 As lentes olho de peixe (fisheye) possuem a capacidade de fotografar em ângulos grandes.  Elas conseguem registrar ângulos de até 180º. Devido ao movimento que ela proporciona a imagem, elas são indicadas para fotografar obras de artes e espaços minúsculos.

Já usou uma dessas? Parece mágica! Se não tiver cuidado, até seus pés saem na foto 🙂

Lentes macro

 

Macro

Macro

São lentes que proporcionam às imagens escala legítima 1:1. Suas maiores características são fotografar imagens com formato macro, resultando em fotos de qualidade e melhor nitidez. As lentes macro possuem foco fixo e variam entre 40 mm e 200 mm. São perfeitas para fotografar objetos pequenos e objetos que requerem detalhes.

Dá pra brincar de fotografar de perto com uma lente que não seja macro,  por exemplo, eu tenho essa joaninha que fiz com uma uma lente Canon 28-135 USM, não é um primor, mas se sua expectativa for baixa e suas referências não forem de fotos realmente macros, dá pra ficar feliz…

Joaninha

Joaninha – Foto feita com uma 28-135mm USM – © Simxer

Lentes claras

 

Lente Nikon f1.4

Lente Nikon 1.4

Lentes claras são lentes que possuem abertura entre 1,4 e 2.8. São ideais para fotografar ambientes com pouca iluminação e retratos, devido ao ótimo desfoque que ela possui.

Quanto maior a abertura, menos profundidade de campo!

Lentes escuras

 

Canon 55-200mm

Canon 55-200mm

São lentes que possuem abertura acima de 5.6. Elas oferecem profundidade à imagem e são ideais para fotografar em situações com muita iluminação. Ela não traz grandes vantagens em relação às demais lentes, uma vez que fechando o diafragma da câmera, também se obtém fotos de qualidade em ambientes com iluminação.

Hora de escolher! Agora que você já conhece bem os modelos, as principais características e as funções de cada lente chegou o momento de escolher a mais apropriada para você.

Mas tenha cuidado, o ideal é que você antes leia uns reviews e procure a opinião de quem tem a mesma lente que você quer, um exemplo que costumo usar é a perigosa diferença das lentes CANON 18-135 mm que possuem uma qualidade muito suspeita, pra não dizer ruim mesmo, comparada a irmã 28-135 mm de qualidade bem superior, nesse caso é melhor sacrificar o range um pouco e ficar com a maior qualidade ótica.

No post “Nikon ou Canon…” aqui do site, você encontra um roteiro completo de como escolher sua câmera fotográfica, seguindo o mesmo princípio você pode buscar os reviews de lentes nessa sessão aqui do Dpreview.

Outra ótima opção é usar o Photozone, aliás, é o que eu uso, e depois de escolhida a lente que você quer testar, aparecerá o review, mas se você olhar lá em cima a direita verá 3 botões e o último é o da análise (Analysis) e no final da página de análise, o Photozone ainda faz uma avaliação por estrelas de três parâmetros: Qualidade ótica (Optical Quality), qualidade mecânica (Mechanical Quality) e de quebra ainda te dá o custo x benefício (Price/Performance), não precisa de mais nada, né?

      Boas fotos!

Assinatura Simxer - Autora do Foto Dicas Brasil

Críticas, sugestões, correções e opiniões são sempre muito bem vindas!!

Créditos das imagens: imagem destacada: Por Philippe Antoine de Paris, France (Flickr) – CC-BY-2.0;  28-85mm – CC – http://www.flickr.com/photos/pointnshoot/283183736/; 85mm – CC Por Explo; Grande Angular – CC J-P Kärn; Canon 27-70mm – CC Daniel Dionne (http://www.flickr.com/photos/mrzeon/5059551507/); Fisheye Samyang – CC Marie-Lan Nguye; Macro – CC smial; Clara – CC Takeaway; Escura – CC Katie Chan