Shutter count – Afinal, quanto dura minha máquina digital?

Shutter count – Afinal, quanto dura minha máquina digital?

O tema deste artigo é uma das questões que quando se está fotografando por hobby, normalmente não nos preocupamos muito, mas com o tempo isto passa ser uma preocupação enorme, já que todas as nossas câmeras digitais possuem vida útil!

Nós sabemos que a grande vantagem da fotografia digital é não precisar se preocupar com os custos do filme ou mesmo da revelação, o que nos leva a imaginar que podemos fotografar sem limites, mas dependendo de como você fotografa, não é bem assim.

E como a vida útil é medida? Shutter count!

Pelos números de cliques! A maioria das câmeras reflex consideradas amadoras, sobrevivem na média a 50mil cliques e por aí você já percebeu que se você fotografar bastante, isso pode ser alcançado em 1 ano!

Exagero? Há alguns anos eu fiz uma viagem pros Estados Unidos e fiquei 40 dias lá. Eu saía com minha câmera recém comprada TODOS os dias e voltei com 8.000 fotos! Aí você acha que ninguém precisa desta quantidade de fotos e eu concordo, mas se fizermos as contas dá 200 fotos por dia. Você provavelmente já tirou muito mais fotos em um dia só!

Um dos motivos que faz seu número de cliques aumentarem rapidamente é utilizar o modo contínuo (bursts), que é aquela opção em que a câmera fica disparando várias fotos enquanto você aperta o botão do obturador continuamente e em algumas situações é muito útil, mas nem sempre a melhor caso sua câmera já tenha alguns bons dias de utilização J

Os números de cliques são iguais para todas as câmeras?

Não, o número de cliques varia de acordo com cada modelo de câmera. As mais profissionais, por exemplo, possuem obturadores mais resistentes e duram em MÉDIA de 100mil a 150mil cliques, podendo chegar a 200mil ou mais dependendo da câmera. Esses números são indicados pelos próprios fabricantes e são vitais principalmente para fotógrafos profissionais que precisam incluir no seu custo o valor da troca da câmera.

Em quanto tempo vou precisar trocar minha câmera?

Esse tempo está diretamente ligado ao modelo da sua câmera, e ao uso que você faz dela. Já ouvi em um congresso fotográfico, histórias de fotógrafos profissionais que trocam suas câmeras a cada 4 meses, isso mesmo, porque o volume de trabalho é gigantesco, então eles usam suas câmeras até a metade da vida útil, e vendem enquanto podem, e aí compram novas para garantir um trabalho mais seguro.

Eu como sempre fui aficionada por tirar fotos, minhas câmeras amadoras duravam em média de 2 a 3 anos, enquanto que profissionalmente elas não costumam chegar a 1 ano e meio. E isto também está ligado ao tipo de fotografia, quando fotografo mais em estúdio, o gasto é muito menor, do que em eventos. Em um casamento você pode facilmente fazer mais de 3.000 fotos em um único dia, não discutirei aqui sobre a real necessidade da quantidade de fotos, porque isto depende do tamanho do evento, do tipo de fotógrafo que você é entre outros detalhes.

Oficialmente…

Esses são dados oficiais das duas maiores empresas de equipamentos fotográficos, as nossas conhecidas CANON e NIKON:

No site do suporte da NIKON nos Estados Unidos, eles respondem a pergunta de quantas fotos minha câmera é capaz de fazer, com uma resposta que reproduzo aqui por ser bem pertinente e acaba servindo como parâmetro para a vida útil de quase todas as marcas.

“As câmeras DSLR Nikon incorporam um mecanismo de obturador capaz de se mover muito rápido para ajudar a capturar detalhes. A precisão mecânica necessária para alcançar velocidades de obturador até 1/8000s é inspiradora. No entanto, como acontece com qualquer coisa mecânica, ele pode precisar de reparos ou até ser substituído um dia.

Não há nenhuma maneira de dizer com precisão o número total de vezes que o obturador da câmera foi liberado. Embora existam aplicações de software de terceiros projetados para ler a contagem dos obturadores das câmeras, esse número não é sempre preciso, porque os tempos de liberação do obturador podem ser redefinidos por atualizações de firmware, ou serem zerados na assistência técnica, se certas partes forem substituídas ou certas operações forem executadas.

Uma vez que o número exato de liberações do obturador antes da falha não pode ser exatamente calculado, a fórmula usada para estimar quando ela poderá ocorrer chama-se de MTBF (Mean Time Between Failures). MTBF é um sistema matemático que utiliza a análise estatística para projetar uma ‘vida útil’ média esperada de um determinado item. Com base em testes e desempenho passados, podemos formular um número médio estimado de liberação do obturador (também referida como atuações ou ciclos) que podem ser esperados antes da provável falha do obturador.

O termo médio é referente a uma média aritmética e não a um número real de quantidades exatas, podendo ser maior ou menor. Nós compilamos uma pequena lista de vários modelos da Nikon e os dados de teste para cada um. “Estes dados estão disponíveis apenas para os modelos listados abaixo.”

LogoNikon-Artigo-Quanto-dura-minha-máquina-digital

Modelo Número estimado de liberação do obturador
 D4S, D4 Testado até 400,000 ciclos
 D3 – series Testado até 300,000 ciclos
 D800 (E)  Testado até 200,000 ciclos
 Df Testado até 150,000 ciclos
 D700 Testado até 150,000 ciclos
 D610D600 Testado até 150,000 ciclos
 D300 (s) Testado até 150,000 ciclos
 D7100, D7000 Testado até 150,000 ciclos
 D90 Testado acima de 100,000 ciclos
 D5300 / D5200 / D5100 / D5000 / D3200 / D3100 / D3000 Testado acima de 100,000 ciclos
 Nikon 1 Número estimado de liberação do obturador
V2,  V1 Testado acima de 100,000 ciclos

Já no caso das câmeras CANON, a Digital Picture publicou o último release oficial de vida útil dos obturadores da CANON:

LogoCanon-Artigo-Quanto-dura-minha-máquina-digital

  • Canon EOS Digital Rebel XS / 1000D 100,000
  • Canon EOS Digital Rebel T1i / 500D 100,000
  • Canon EOS Digital Rebel XSi / 450D 100,000
  • Canon EOS Digital Rebel XTi / 400D 50,000
  • Canon EOS Digital Rebel XT / 350D 50,000
  • Canon EOS 70D 100,000
  • Canon EOS 60D 100,000
  • Canon EOS 50D 100,000
  • Canon EOS 40D 100,000
  • Canon EOS 30D 100,000
  • Canon EOS 20D 50,000
  • Canon EOS 7D 150,000
  • Canon EOS 6D 100,000
  • Canon EOS 5D Mark III 150,000
  • Canon EOS 5D Mark II 150,000
  • Canon EOS 5D 100,000
  • Canon EOS 1D X 400,000
  • Canon EOS 1D Mark IV 300,000
  • Canon EOS 1D Mark III 300,000
  • Canon EOS 1D Mark II N 200,000
  • Canon EOS 1DS Mark III 300,000
  • Canon EOS 1DS Mark II 200,000

Aprendendo com os outros…

Existe um banco de dados compartilhado por vários usuários, e isto pode te incluir, onde você encontra a vida útil de centenas de modelos de câmeras, como o próprio nome indica: Camera Shutter Life Expectancy Database. (Banco de dados de expectativa de vida de obturadores de câmeras) 😉

Basta digitar o modelo da sua câmera e você será levado a uma tela com estatísticas feitas em cima de situações reais:

Canon-EOS-40D-Shutter-Life-LOW-Artigo-Quanto-dura-minha-câmera-digital

CLIQUE PARA VISUALIZAR EM TAMANHO GRANDE

E porque eu escolhi a 40D pra exemplificar? Porque me achei nos resultados!

Camera-Shutter-Life-Simxer-Artigo-Quanto-dura-minha-máquina-digital

Eu havia colocado a minha informação quando ela tinha apenas 31.643 cliques e só pra você ter uma ideia, ela está com mais de 102.524 cliques, claro que ela já está profissionalmente aposentada há muito tempo, mas funciona muito bem na mão de vários alunos do meu workshop!

Voltando às informações do Camera Shutter Life, você tem o resultado de quantos cliques os obturadores aguentaram vivos e a média de cliques depois eles já morreram:

Continuando a usar a D40 como modelo:

Average number of actuations after which shutter is still alive: 51,939.3
Average number of actuations after which shutter died: 85,638.6

Você pode perceber que no caso da minha câmera, ela está acima da vida útil e que a maioria das câmeras que enviaram o teste, no dia em que escrevo este artigo são 772 envios, morreram antes da expectativa oficial da CANON.

E é claro que você vai perceber que alguns modelos alcançam números assustadores de cliques, existem muitos casos de câmeras que duraram acima de 500Mil cliques ou até 800Mil cliques, o que praticamente se tornou uma lenda urbana 😉

Você também pode colaborar com este banco de dados, se não souber o número de cliques da sua câmera, continue lendo que irá aprender como descobrir, depois é só colaborar com o site do Camera Shutter Life…

Inserindo-Contador-No-Camera-Shutte-rLife-Artigo-Quanto-dura-minha-máquina-digital

Como descubro quantos cliques tem minha câmera?

Para a maioria das câmeras o site  Camera Shutter Count pode ajudar, basta fazer o upload de uma imagem e aguardar o resultado. Ele faz a contagem de alguns modelos das marcas: CANON, NIKON, PENTAX e SANSUNG. Mas nem sempre funciona, eu mesma fiz testes com algumas fotos da 60D e da 5D, mas só as da Canon 5D funcionou.

Camera-Shutter-Count-Artigo-Quanto-dura-minha-máquina-digital

E como a CANON não armazena no Exif das suas câmeras esta informação, a outra opção é o programa EOS Info da AstroJargon, ele é um programa freewarwe, e irá fornecer a contagem do obturador, o número de série, o modelo da câmera, a versão do firmware, bem como o proprietário e datar os resultados também. EOSInfo funciona com quase qualquer DSLR, com exceção do 500D (até pode funcionar, teste pra ver). Como isso funciona? Basta conectar a câmera ao seu computador através de um cabo, execute o programa e – voila! Os seus dados estão lá para você analisar. Não está disponível para Macs, apenas para PC. O EOSInfo é a versão atualizada da 40D Shutter, a edição anterior, que – apesar do nome – funcionava em quase todas as câmeras com DIGIC III / IV DSLRs, exceto a série 1D. Aliás, foi com ele que eu vi o número de cliques da Canon 40D!

Já a NIKON tem as opções de usar o site My Shutter Count, que funcionou direitinho aqui com uma foto da D800.

My Shutter Count

MyShutterCountLow-Artigo-Quanto-dura-minha-máquina-digital

CLIQUE PARA VISUALIZAR EM TAMANHO GRANDE

Resultado do My Shutter Count

 

MyShutterCountResultadoLow

CLIQUE PARA VISUALIZAR EM TAMANHO GRANDE

Ou pode usar o programa Opanda IExif que eu reproduzo as fotos aqui, e com a vantagem de ser zilhões de vezes mais rápido do que os serviços onlines, mas só funciona para Windows…

OPanda-iExif-Resultado-Low-Artigo-Quanto-dura-minha-máquina-digital

CLIQUE PARA VISUALIZAR EM TAMANHO GRANDE

Você ainda tem o site Nikon Shutter Count, e esse eu testei com a D700 e também funcionou perfeitamente!

Nikon-Shutter-Count-Artigo-Quanto-dura-minha-máquina-digital

Resultado da Nikon Shutter Count

Nikon-Shutter-Count-resultado-Artigo-Quanto-dura-minha-máquina-digital

E ainda a possibilidade de ver a quantidades de cliques no próprio Photoshop, eu usei o CS6, mas deve funcionar em outras versões, basta abrir um arquivo .NEF ou mesmo .JPG.

FileInfo-Artigo-Quanto-dura-minha-máquina-digital visualizar as informações da foto (Botão direito em cima da imagem>File Info, OU o atalho Ctrl+Alt+Shift+I) e na aba “Raw Data” faça uma busca por “image” e aparecerá nos resultados <aux:ImageNumber>nº de cliques</aux:ImageNumber> como na imagem abaixo:

Raw-Data-Photoshop-Low-Artigo-Quanto-dura-minha-máquina-digital

CLIQUE PARA VISUALIZAR EM TAMANHO GRANDE

Qual a utilidade de saber disso?

A principal é ficar atento a quantidade de cliques que você já fez, isso ajuda a saber quando você precisa fazer algum tipo de manutenção, por exemplo.

Mas eu acredito que a MAIOR utilidade está em poder ter um pouco mais de segurança caso resolva comprar uma câmera USADA, tendo conhecimentos destas técnicas, ninguém vai te vender gato por lebre 😉

Espero que tenha sido útil este artigo e que você compartilhe com a gente sua experiência com a quantidade de cliques da sua câmera!

Até a próxima e bons cliques!

Assinatura Simxer - Autora do Foto Dicas Brasil