Foto Dicas Brasil Modos de cena, use a seu favor! - Foto Dicas Brasil
35.161 views | by Simxer
Modos de cena, use a seu favor!

Eu só uso o modo manual da minha câmera fotográfica, dou aulas de modo manual em meus cursos online, e quando era uma fotógrafa amadora, também buscava o modo manual!

tal Modo Manual, nada mais é do que o modo onde você tem total controle sobre os resultados da sua foto e onde você controla manualmente 3 pilares da fotografia: Abertura, velocidade e ISO, conhecido como triângulo de exposição.

Triângulo de Exposição

Como sempre gostei de fotografar e tinha câmera desde os 15 anos, naquela época eu só fotografava no modo automático, conforme eu fui estudando e evoluindo, passei do modo automático para o modo manual e poderia ter tirado mais proveito da minha câmera se eu tivesse utilizado os outros modos.

Hoje em dia sei que todos esses modos são melhores compreendidos quando se domina o modo manual, mas o que só percebi depois de anos ministrando os meus cursos, é que mesmo dominando o modo manual, existem ocasiões que os outros modos podem te ajudar e muito para conseguir uma ótima foto.

Não estou falando de fotógrafos profissionais, mas com todos que por muitas vezes ficam só no automático por não ter um entendimento melhor das outras opções, por isso espero que esse artigo contribua para isso.

Vamos lá, essa é uma leitura obrigatória para quem tem uma câmera digital, mas só usa o modo de cena automático. Ok, as fotos não ficam ruins, mas é possível melhorá-las somente selecionando o modo de cena adequado. Com nosso artigo de hoje, você irá aprender sobre os modos de cena mais populares, para que servem, qual a diferença, os efeitos provocados pela seleção de um modo de cena. Enfim, você aprenderá como tirar fotos melhores e ficar cada vez mais expert em fotografias através de nossas dicas 😉

O que são os Modos de cena?

Os modos de cena são ajustes que já vem pré – definidos nas câmeras digitais e facilitam as fotografias em diversas situações, o que muitas pessoas não sabem, é que essas pré-definições são ajustes de abertura, velocidade e Iso, ou seja, uma vez que você determina o modo de cena, a câmera vai tentar se ajustar pra aquela situação, onde, normalmente, as condições são parecidas com o modo que escolheu.

Para mudar o modo de cena em uma câmera é muito fácil, basta você girar ou mudar um botão e selecionar o modo que mais se aplica à sua situação no momento da fotografia.

Modos de cena automáticos e semiautomáticos

Modos de cena automáticos

Dentro deste tópico iremos estudar os modos de cena Retrato, Macro, Paisagem, Esporte, Noite e Vídeo. Também citaremos, no final desta parte, o modo de cena automático.

Retrato

Modos de cena, use a seu favor!

Retrato

Como o próprio nome sugere, é o mais indicado para fazer retratos de pessoas. Selecionando este modo de cena, a sua câmera irá buscar aberturas maiores de sua lente, desta forma o fundo provavelmente ficará desfocado e ressaltará os rostos das pessoas envolvidas na foto. Você pode deixar o flash ativado nesse modo de cena, para fotografias feitas contra a luz.

Macro

Modos de cena, use a seu favor!

Macro

Mais um modo de cena que o nome descreve a utilidade. Para fotografar objetos bem próximos, selecione o modo de cena macro. Ideal para tirar fotos de objetos pequenos, como insetos. De preferência, coloque a câmera paralelamente ao objeto a ser fotografado para manter a qualidade do foco. Recomendamos que você desabilite a função flash.

Paisagem

Aí você me diz: mais um modo de cena que o nome descreve para que serve. A resposta é: correto, mas não totalmente. O modo de cena paisagem é o oposto do modo retrato. Ele é útil para fotografar cenas amplas. No modo de cena paisagem, temos abertura pequena da lente criando grande profundidade de campo e assim para garantir o máximo de foco possível da cena. Dependendo da sua cena, além de aberturas menores, a sua câmera pode precisar baixar a velocidade pra conseguir mais luz, então é indicado utilizar de um tripé para garantir resultados mais nítidos.

Esporte

Não dá pra errar. Este modo é muito útil para fotografar pessoas em movimento ou, como o nome diz, praticando esportes. Não podemos especificar que é somente praticando esportes, mas praticando qualquer movimento. É desafiador conseguir fotografar o movimento porque existe um conjunto de necessidades, como velocidade alta e estabilidade pra foto não  sair borrada. E aqui, a sua câmera vai priorizar a velocidade do obturador e em boas condições de luz, esse modo facilita muito! Ideal para fotografar aquele jogo especial onde seu filho está arrasando. Agora dá pra guardar os momentos inesquecíveis!

Noite ou Noturno

Modos de cena, use a seu favor!

Noturno

O modo de cena noturno serve para fotografar em locais com pouca iluminação. Nesse modo a sua câmera provavelmente irá aumentar a abertura e ISO e diminuir a velocidade, isso porque o objetivo principal dela é garantir a fotometria, então ela se vale de tudo pra conseguir luz suficiente pro registro. Nesse caso vale usar o flash. Como já citei, o tripé é perfeito para evitar fotos tremidas ou borradas.

Automático

O modo de cena automático é aquele que ajusta todas as configurações automaticamente, dependendo do ambiente a ser fotografado. Ele regula, através de sensores, todas as opções da câmera: a abertura da lente, a velocidade do obturador, a sensibilidade da luz, o modo de medição, a iluminação, o balanço de cores, o foco e a estabilização da imagem e o objetivo principal é sempre a luz, então pode funcionar bem, desde que você esteja em excelentes condições de luz!

A configuração é feita através de uma leitura na imagem e serve para iniciantes que ainda não conhecem nossas dicas de fotografia e também para situações de emergência, quando você precisa fazer a foto rapidamente para não perder aquele momento único e não tem tempo para os ajustes adequados… desde que esteja em excelentes condições de luz 😉

Modos de cena semiautomáticos

Os modos de cena semiautomáticos são conhecidos pelas siglas A ou AV, S ou TV, P e M. Abaixo, exploraremos todos eles.

Modo de cena A ou AV

Modos de cena, use a seu favor!

Prioridade de abertura

Dessa forma estamos configurando prioridade de abertura da lente (A de Aperture em inglês, ou abertura em português), e nossa câmera seleciona a velocidade do obturador para que tenhamos uma quantidade de luz que permita a exposição correta da cena. Para obter fundos desfocados, você deve utilizar números baixos para a abertura (por exemplo, F/3.5, F/2.8 ou maior). Mas, se, ao contrário, você desejar mais parte da cena em foco com fundos nítidos, deve deixar a abertura em torno de F/8, F/11, assim a gente consegue uma profundidade de campo bem ampla.

Modo de cena S ou TV

Modos de cena, use a seu favor!

Prioridade de velocidade

Utilizando esse modo, estamos ajustando a velocidade do obturador (S de Speed em inglês ou Velocidade em português). Selecionando a velocidade do obturador, a câmera ajusta a abertura da lente. É o inverso do que ocorre no modo A ou AV. E nesse caso, se configuramos altas velocidades, congelamos uma ação, alguém pulando, por exemplo, e baixas velocidades, registramos o rastro dessa ação, como na foto acima de rastro de luz, ou ainda em técnicas como o véu de noiva, abaixo.

Modo de cena P ou programado

Selecionando P em sua câmera, você estará configurando automaticamente a velocidade do obturador e a abertura da lente, de acordo com a exposição à luz. Mas, qual a diferença então do modo automático? É que os ajustes podem ser feitos enquanto a câmera está calculando a velocidade e a abertura, enquanto no modo automático, é a câmera que faz todos os ajustes.

Modo de cena M ou manual

Modos de cena, use a seu favor!

Manual

Com esse modo é tudo manual mesmo, e é de longe o meu preferido. Você é o responsável pelas configurações de abertura da lente, da velocidade do obturador e do ISO. A exposição da luz é recomendada de acordo com a abertura da lente e a velocidade do obturador.

Uma nota importante sobre os modos de cena semiautomáticos: se você alterar a configuração de cores de sua câmera, por exemplo, para preto e branco, a configuração que valerá para a foto é aquela das cores e não do modo de cena. O flash e outras configurações se manterão, mesmo que você alterne entre os modos P, S, A e M ou que desligue a câmera.

Funciona sempre?

Você já deve imaginar a resposta… não funciona sempre simplesmente porque a fotometria depende exatamente de onde você está medindo a luz da sua cena, por exemplo, se eu quiser tirar uma foto de uma borboleta voando, dependendo de onde esta borboleta passe, ela vai ter uma incidência de luz diferente, que de dia pode não ser tão grande porque normalmente a fonte de luz principal é o sol, e mesmo a variação não sendo extrema, a borboleta pode passar em áreas de sombras que vão alterar a minha fotometria, e isso se aplica a qualquer motivo com mínima variação de luz. Então ter só a câmera decidindo o que fazer sem você saber exatamente o que ela está fazendo, pode aumentar o risco de perder fotos, mas entendendo como o modo manual funciona, aumentará suas chances e escolher um modo semiautomático poderá ser um conforto pra agilizar sua fotografia.

Qual modo escolher: automático ou semiautomático?

Não dá para dizer qual é melhor ou pior, vai depender do uso que você destinará à câmera, no modo manual você tem a possibilidade de fazer TODOS os modos como você quiser, por isso indico tanto, mas tem que estudar tipo… o meu Curso🙂 e tem muito conteúdo aqui no site que pode te ajudar a desenvolver sua técnica!

Eu acredito que explorar todas as suas configurações da sua câmera é o ideal, pelo menos que você utilize os recursos dos modos de cena semiautomáticos para se fazer valer das funções dela. Assim você controlará a abertura da lente, a velocidade do obturador, o ISO, etc.

Espero que com esse artigo você tenha aprendido sobre os modos de cena das câmeras, para quais situações usar e consiga explorar um pouco mais o que seu equipamento lhe oferece!

       Até a próxima e vamos juntos!

AssinaturaPosts_New

Modos de cena, use a seu favor!
5 (100%) 41 votes
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Simxer é autora e fundadora do Foto Dicas Brasil e Fotógrafa profissional há mais de 15 anos. É empreendedora e apaixonada pelo que faz. Autora dos Best Sellers "Fotometria Simples - Você no Controle da Luz" e "Nikon ou Canon, câmera profissional ou semiprofissional? Aprenda a decidir você mesmo", se orgulha de ministrar os melhores e mais completos cursos online de fotografia para Iniciantes e hobbystas que contam com fotógrafos iniciantes de vários países, além do Brasil, como Portugal, Estados Unidos, Japão e África. E está sempre em busca de despertar a sua paixão pela fotografia em outras pessoas e aprender com outros apaixonados!

17 Comments
  • Simxer, excelentes dicas! Quanto à foto do "cara simpático", não se preocupe, acho que ela é mais didática como exemplo de paisagem do que uma foto só com a paisagem.

  • João H Hollerbach

    Boa tarde, Simxer. Mais uma vez quero cumprimentá-la pelos excelentes artigos. Quero também dizer que em alguns casos, especialmente fotos de ação(esportes, aves em vôo) é desaconselhável(ou até impossível) o uso do modo Manual. Nestes casos o ideal é estabelecer alguns parâmetros e deixar que a câmera encontre a exposição adequada. Por exemplo podemos definir uma velocidade e deixar que a câmera encontre a abertura(dentro das possibilidades da lente), fixando um ISO ou até mesmo deixando o ISO automático. Outra possibilidade é fixar uma abertura a fim de obter a profundidade de campo desejada e deixar a velocidade por conta da câmera, podendo ficar um ISO ou deixá-lo no automático. Tudo isso porque em fotos de ação não há tempo hábil para fazer todos os ajustes que são necessários no modo Manual. Abraços.

    • fotodicasbrasil

      Oi João, achei muito curioso o seu comentário porque só faço fotos de ação em modo manual, tenho várias que uso como exemplo pros meus alunos e mais uma vez ficou claro pra mim como temos experiências diferentes das outras pessoas e como é importante agregar isso! Muito pertinente seu comentário e tenho certeza que será muito útil.
      Muito obrigada pela participação, não só essa, né? 🙂
      Abraços,
      Simxer

      • João H Hollerbach

        Simxer, apesar de não duvidar que faças fotos de ação no modo Manual acho isso muito difícil. Até podemos deixar numa certa configuração de abertura, velocidade e ISO previamente, baseado nas condições de iluminação existentes. Mas e se uma ave surgir voando a sua esquerda(ou de outra lado)? Ao virar-se para fotografar as condições de luz certamente não serão as mesmas que apresentavam-se à sua frente! Como lidar com isso? Tentar ajustar rapidamente os parâmetros? Acho complicado, pois pode resultar na perda da oportunidade de fotografar. Além disso existe a seguinte situação: as vezes o fundo é uniforme(um céu azul, por exemplo), mas outras vezes é muito variável(vegetação, árvores, etc.). Abraços.

        • fotodicasbrasil

          João!! Eu não discordei de você, pelo contrário, vou fazer várias experiências em cima da sua observação!!!

          Abraços!

          • João H Hollerbach

            Simxer, eu entendi que não discordaste. Apenas quis mostrar as situações em que o uso do modo Manual torna-se complicado. Outro detalhe importante no caso de fotos de aves é usar o modo de medição de exposição Spot ou Partial, pois o Evaluative(matricial) não irá funcionar devido ao objeto principal(a ave) normalmente ocupar apenas parte do frame. Agora tem um tipo de foto em que o uso do modo Manual é o mais indicado: fotos de longa exposição feitas com a câmera no tripé. Abraços.

  • Simxer, ainda sobre o assunto modos de exposição quero transcrever um texto do fotógrafo Jim Zuckermann publicado na revista eletrônica Photo Insights do mês abril/14. Abraços. João

    "Photo Insights
    Some photo instructors teach that using manual exposure mode is more creative than relying on one of the automatic exposure modes like program, aperture priority, and shutter priority. I disagree. The fact is that in all of the exposure modes, including manual, you are using the camera’s built-in light meter to take a reading. If you weren’t depending on the camera’s meter, then the only other options you’d have to determine correct exposures would be to use a hand held light meter (and perhaps 1% of photographers use one) or develop a trained eye to look at a scene and know the exposure (which no one does). I used to do that when I shot film, but it’s unnecessary with today’s top-notch meters and the immediate feedback we get on the LCD monitor. Therefore, if you use manual exposure mode, the only thing you are doing differently is physically turning the shutter speed dial and the lens aperture to match what the meter is dictating. How is this more creative, or even more professional, than letting the camera do it? It’s not. In fact, you lose time when making these adjustments. In so many photographic situations, time is of the essence. A child’s changing expressions, a bird in flight, puppies playing, changing shadows on a landscape — all of these picture opportunities have to be taken in split seconds before they are lost forever. Do you mean to tell me you want to mess around with the camera’s controls while you are missing great pictures? I don’t think so."
    photos@jimzuckerman.com <a href="http://www.jimzuckerman.com” target=”_blank”>www.jimzuckerman.com

  • Simxer, ainda sobre o assunto modos de exposição quero transcrever um texto do fotógrafo Jim Zuckermann publicado na revista eletrônica Photo Insights do mês abril/14. Abraços. João
    Photo Insights
    Some photo instructors teach that using manual exposure mode is more creative than relying on one of the automatic exposure modes like program, aperture priority, and shutter priority. I disagree. The fact is that in all of the exposure modes, including manual, you are using the camera’s built-in light meter to take a reading. If you weren’t depending on the camera’s meter, then the only other options you’d have to determine correct exposures would be to use a hand held light meter (and perhaps 1% of photographers use one) or develop a trained eye to look at a scene and know the exposure (which no one does). I used to do that when I shot film, but it’s unnecessary with today’s top-notch meters and the immediate feedback we get on the LCD monitor. Therefore, if you use manual exposure mode, the only thing you are doing differently is physically turning the shutter speed dial and the lens aperture to match what the meter is dictating. How is this more creative, or even more professional, than letting the camera do it? It’s not. In fact, you lose time when making these adjustments. In so many photographic situations, time is of the essence. A child’s changing expressions, a bird in flight, puppies playing, changing shadows on a landscape — all of these picture opportunities have to be taken in split seconds before they are lost forever. Do you mean to tell me you want to mess around with the camera’s controls while you are missing great pictures? I don’t think so.
    photos@jimzuckerman.com <a href="http://www.jimzuckerman.com” target=”_blank”>www.jimzuckerman.com

  • Muito legal as dicas, obrigada por se preocupar em ajudar os amadores e iniciantes na fotografia.

  • Simxer boa tarde. Adquiri neste mês seu livro de FOTOMETRIA. Muito bom pois tem uma linguagem de fácil entendimento aos iniciantes como eu. Aproveitando o artigo sobre fotografar grávidas, vou fazer este exercício para um "book" da minha filha que será mamãe na virada do ano. Quero tentar explorar os recursos da minha singela NX300. Comprei adicionalmente uma lente fixa de 45mm f1.8 e gostaria de saber sua opinião sobre ela. No mais parabéns pelo site e pelo seu trabalho.
    Abraços

    • Olá Osmar, obrigada por ter adquirido o livro e tenho certeza que elevará a sua câmera a outro nível.

      A NX300 é considerada top de linha entre as compactas, mas justamente no modo automático é que ela não se sai tão bem, mas dominando os parâmetros, como você já está fazendo, tenho certeza que terá ótimos resultados. Ter uma lente de abertura f1.8 também vai te permitir fazer fotos com fundos mais desfocados ainda e por isso criativas, provavelmente teremos lindas fotos da sua pequenina que etá chegando!

      Qualquer dúvida, pergunte aqui!

      Um grande abraço e parabéns!

      Simxer

  • Para fotografar eventos do género feira em recinto fechado (pavilhões cobertos), com visitas protocolares, em que é necessário disparar continuamente, com iluminação artificial de interior, que modo aconselha para tirar fotos com uma nikon D3200?

    • Se estiver em boas condições de luz, pode usar o modo de prioridade de abertura, escolher aberturas f/4 pra cima para manter mais coisas em foco. Faça experiências!Abraços, Simxer ​

  • Sim xerox, não vou ser repetitivo, os comentários acima já expuseram quase tudo. Por isso digo que seus artigos simplesmente fantásticos.

Leave a Reply

— required *

— required *

Powered by Foto Dicas Brasil.