Editar fotos de graça!

Artigo visualizado vezes.

Há tempos estou pra escrever um tutorial, aula, artigo, post, ou qualquer coisa que o valha, sobre edição básica de fotos, mas quem acompanha meus posts sabe que escrevo pra fotógrafos iniciantes (e amadores), que é a maioria dos meus alunos, gente que ama fotografar e que muitas vezes tem equipamentos sensacionais (ou não), mas que nem sempre está pensando em mercado de trabalho, e por isso na sua maioria não sabem ou não fazem pós-produção nas suas fotos. E sempre tenho várias idéias sensacionais (para mim, elas parecem, pelo menos ;), desde explicar passo a passo meu fluxo de trabalho (Bridge CS6/Camera Raw7/Photoshop CS6/plugins One One/Topaz Labs) ou ensinar o básico do Lightroom que definitivamente são programas essenciais para qualquer… fotógrafo profissional, não é o caso pra quem escrevo. Uma solução que eu encontrei (tão sensacional como as ideias lá de cima) foi explicar passo a passo como usar o Gimp (Ginu Image Manipulation Program) a simpática versão livre do Photoshop (que eu conheci nos tempo que estudava Linux) e que pra minha surpresa evoluiu de maneira muito interessante, mas depois de uma saga de 4 horas tendo todos os tipos de problemas com a instalação num windows7, que até funcionou, fiquei preocupada em receber uma avalanche de reclamações. Mas fica a dica pra quem quiser se aventurar, ele realmente evoluiu e pode ser uma ótima opção para quem está iniciando.

E aí veio uma luz! Porque não falar do Pixlr? Que já até me salvou em pleno um evento! A maior dificuldade que encontrei foi pronunciar o nome 🙂 Então pra quem não conhece, o Pixlr é uma empresa que disponibiliza alguns editores online, mas hoje falarei do Pixlr Editor (avançado) que é o que mais gosto e o que mais se parece com o Photoshop, mais até do que o próprio Photoshop online (que fica pra outro post sobre editores de forma geral), além de utilizar muitas teclas de atalhos iguais!! No mínimo serve pra se ambientar pra quem quer ir pro Photoshop.

Ele tem três grandes vantagens (principalmente para os iniciantes), é online (não precisa instalar nada!), é gratuito! E está em português, o que facilita o entendimento de alguns procedimentos. Pra facilitar, criei um atalho direto pra esse Editor no Foto Dicas Brasil no link Editor Online e vou passar aqui as principais funções.

ABRINDO UM IMAGEM: Primeiro selecione uma imagem que poderá ser uma nova imagem,  do seu computador, de um endereço da internet ou ainda do Facebook.

aberturaPixlr

PAINÉIS:

O Pixlr é dividido em 4 painéis, de navegação (1), de camadas (2), histórico (3) e de ferramentas (4).

pixlr_paineis

Foto ©Simxer         modelo: Gisele Santanna

1. NAVEGAÇÃO: Exibe uma versão em miniatura da sua imagem, e sua posição padrão é na área superior direita da tela de imagem. Sua função é dar zoom! Você pode clicar na barra deslizante e deslizá-la para a esquerda para diminuir o tamanho da imagem, ou para a direita para aumentar, isso poderá ser feito também inserindo uma porcentagem na caixa de zoom. Se você está dando um zoom muito grande em uma foto e não souber onde você está mais, essa caixa permite que você clique dentro da imagem e arraste (um retângulo vermelho) pra onde quer ir na sua imagem. Dica: Toda vez que for aplicar algum tipo de efeito, trabalhe sempre em 100% pra ter certeza de como sairá o resultado.

2. CAMADAS: Utilize o painel para fazer, selecionar, editar e reorganizar as camadas de ajustes para a sua imagem original. Muitas das mudanças que você faz para sua foto (incluindo a adição de texto, aplicação de filtros ou colando outras imagens) aparecerá automaticamente como novas camadas individuais. Além de manter a sua imagem original intacta, isso também lhe concede um alto grau de controle sobre as alterações feitas, permitindo-lhe modificar apenas uma coisa de cada vez. Existe muitas outras funcionalidades para as camadas, mas vou apresentá-las mais pra frente em uma vídeo-aula.

  • Dica¹: Se você cuidadosamente selecionar uma determinada parte da sua imagem e perceber que você está trabalhando na camada errada (ou seja, aquele que realmente não contêm os pixels que você selecionou), basta clicar sobre a camada correta. A seleção não desaparecerá.
  • Dica²: É sempre mais seguro trabalhar em camadas, mas se por acaso você quiser modificar a camada “Background” (ou seja, a primeira camada feita – muitas vezes a imagem original), que é bloqueado por padrão (veja a imagem do cadeado à direita do nome da camada), dê um duplo clique nele e de um novo nome. Isso irá desbloqueá-la, o que lhe permite editá-la diretamente.

3. HISTÓRICO Na parte inferior do lado direito da tela, você vai encontrar o painel histórico que mostra uma lista de todas as alterações que você fez à sua imagem. Para navegar nessas edições, basta clicar sobre a edição que você quer e o programa retornará para aquele ponto. Lembre-se que embora você possa ir e voltar livremente entre essas edições, tenha cuidado que se você voltar a uma edição anterior e, em seguida mudar sua imagem, irá apagar todas as edições depois desse ponto, substituindo por novas.

4. FERRAMENTAS O último, mas o mais importante painel! Ele fica do lado esquerdo da tela e contém os botões para as ferramentas de edição que você irá trabalhar.  Se você não tem certeza por onde começar, mantenha o cursor sobre um botão por alguns segundos e o nome vai aparecer.

  • Dica: Sempre que você selecionar uma ferramenta, olhe para as opções que aparecem no topo da tela, logo abaixo da barra de ferramentas, essas opções permitem que você faça ajustes finos como o tamanho do pincel, o estilo, a porcentagem de opacidade, modo de mistura, e muitos mais.

ajustespixlr

Agora vou apresentar as ferramentas e suas utilidades, uma vez entendido isso vai ficar bem mais fácil fazer seus ajustes acompanhando inclusive muitos tutoriais mais simples de photoshop que tem pela internet.

Ferramentas

1. Corte dermacado – Clique no botão e, em seguida, clique e arraste a tela para cortar o que você selecionou dando em seguida ENTER ou clicando duas vezes dentro da imagem.

2. Mover (V) – Clique no botão, em seguida, clique e arraste a tela para mover a camada, seleção, etc.

3. Letreiro (M) – Clique no botão e, em seguida, clique e arraste a tela para selecionar uma área quadrada ou retangular.

4. Laço (L) – Clique no botão, em seguida, clique e arraste a tela para fazer as seleções à mão livre. Para completar a seleção, fechar o ciclo, arrastando todo o caminho de volta ao seu ponto de partida.

5. Varinha (W) –  Clique no botão, em seguida, clique na tela para selecionar faixas de cor que combinam com a cor que você clicou. Marque a caixa de seleção “ADJACENTE” nos ajustes finos para selecionar somente pixels que a varinha toca e desmarque para selecionar pixels correspondentes em qualquer lugar da imagem (Por exemplo, na imagem aí de cima da Gisele, com a caixa adjacente desmarcada eu posso clicar no fundo branco e as alças brancas do biquíni de praia também ficarão selecionadas, e se eu selecionar a caixa adjacente e clicar de um dos lados do fundo da imagem, somente um lado ficará selecionado). Você também pode aumentar ou diminuir a sua tolerância para fazer os parâmetros de cor mais ou menos rigorosos. Dica: pra desmarcar a seleção é só usar a tecla de atalho CTRL+D

6. Lápis – Clique no botão e, em seguida, clique e arraste a imagem para desenhar à mão livre. Não se esqueçca de dar uma olhada nos ajustes finos.

7. Pincel (B) – Clique no botão e, em seguida, clique e arraste a imagem para pintar à mão livre. Não se esqueçca de dar uma olhada nos ajustes finos.

8. Borracha (E) – Clique no botão, em seguida, clique e arraste a imagem para apagar essa área.

9. Lata de tinta (G) – Clique no botão e depois clique em sua imagem para aplicar uma cor sólida para essa área.

10. Degradê – Clique no botão, em seguida, clique e arraste a imagem para aplicar um gradiente de cor para essa parte da imagem. A(s) cor (es) do gradiente virão de duas amostras de cores em seu painel de cores (ferramenta de nº 28), geralmente branco e preto como padrão. É só mudar as amostras de cores para mudar as cores usadas no gradiente. Você também poderá modificar o tipo de gradiente, alterando as opções na parte superior da tela (ajustes finos).

11. Carimbo (S) – Clique no botão, em seguida, mantenha pressionada a tecla Ctrl  e clique em uma área da imagem que você deseja clonar. Solte a tecla Ctrl e mova o cursor sobre a área onde deseja que a imagem seja clonada, basta clicar e arrastar que a área ao redor de sua fonte aparecerá. Esta é uma ferramenta muito útil para cobrir imperfeições (ex. clonagem de uma área lisa da pele sobre a área manchada).

12. Substituição de cor – Clique no botão, em seguida, clique  sobre uma cor-alvo (aquela que você quer substituir na imagem), depois selecione uma outra cor para ser a de substituição.

13. Desenho – Clique no botão, em seguida, clique e arraste para desenhar formas geométricas à mão livre.

14. Desfoque (R) – Clique no botão e depois clique em sua imagem para desfocar essa área.

15. Nitidez (Y) – Clique no botão e depois clique em sua imagem para aumentar a nitidez dessa área.

16. Borrar (U) – Clique no botão e depois clique em sua imagem para borrar essa área. Isto é útil para suavizar rugas, por exemplo.

17. Esponja (P) – Clique no botão e depois clique em sua imagem para saturar ou remover saturação (ou seja, intensificar ou reduzir) as cores nessa área.

18. Subexposição (O) – Clique no botão e depois clique em sua imagem para clarear a área.

19. Superexposição (N) – Clique no botão e depois clique em sua imagem para escurecer essa área.

20. Redução de olhos de vermelhos – Clique no botão e, em seguida, clique nas partes vermelhas do olho para corrigir essas áreas.

21. Recuperação para manchas – Clique no botão e, em seguida, clique nas partes que você quer retirar as manchas, por exemplo espinhas.

22. Inchar (A) – Clique no botão e depois clique em sua imagem para “engordar” essa área. Pode ser utilizada para aumentar os lábios ou olhos maiores, etc. Guardada as devidas proporções, seria uma das funções do famoso filtro “Liquify” do Photoshop.

23. Sucção (K) – Clique no botão e depois clique em sua imagem para “emagrecer”  ou diminuir essa área. Pode ser utilizada para diminuir o nariz, etc. Guardada as devidas proporções, seria uma das funções do famoso filtro “Liquify” do Photoshop.

24. Seletor de cores (I) – Clique no botão, em seguida, clique em uma  área da sua imagem que a cor irá para a o painel de cores (ferramenta 28). Se continuar clicando, automaticamente ele irá substituindo as cores do seu painel de cores. Quer testar? Aperte a letra I e selecione uma cor, depois aperte a letra B e pinte na sua imagem.

25. Texto (T) – Clique no botão e, em seguida, clique e arraste a imagem para criar uma caixa na qual você pode digitar o que quiser. Os ajustes finos dessa ferramente aparecerão na caixa em que você irá escrever seu texto e a qualquer momento você pode selecionar um texto já escrtito por você e alterar esses ajustes.

26. Mão (H) – Clique no botão e, em seguida, clique e arraste a imagem para se deslocar ao redor, útil quando se trabalha com zoom.

27. Zoom (Z) – Clique no botão e depois clique em sua imagem para ampliar. A mesma função que você tem no Painel de navegação (1.)

28. Painel de cores– Clique no retângulo maior, ode está a cor padrão para ser usada por suas ferramenta, e se abrirá uma caixa com várias possibilidades de ajustes e escolhas de cores (HSL, RGB, WEB e IMG, essa última contém as cores da imagem aberta), mas não se preocupe com tantas opções,  você saberia se precisasse, então é só escolher na HSL que é a padrão. Se você escolheu outras cores no seu painel de cores, basta clicar nos retângulos menores que essa passará ser sua cor padrão.

Eu tenho uma vídeo aula de como remover olheiras de maneira natural no Photoshop que pode ajudar a dar uma idéia da similariade do Pixrl com o Photoshop e de quebra você pode reproduzir usando os seus novos conhecimentos.

Agora não tem mais desculpa, é só fazer o upload daquela foto que está… quase perfeita, e deixá-la como você queria! Mãos à obra e divirtam-se!   Post que escrevi originalmente para o Fotografia DG

27 Comments

  1. fotodicasbrasil

    Usar o Lightroom ou plugins específicos para isso, se ainda assim estiver ruim, pode ser que precise fotografar em ISOS menores em seu equipamento.

    Abraços,
    Simxer

    Reply
  2. Marcela

    Simxer, nao consegui diminuir relevantemente o ruído causado pelo ISO alto. Como posso fazer isto?

    Reply
  3. fotodicasbrasil

    Oba! Adoro receber fotos! Você pode mandar pro contato@fotodicasbrasil.com.br com o assunto "foto de fã", não , não estou dizendo que você é meu fã, é que esse é o assunto das fotos que recebo do fãs da Fan Page, assim fica identificar 🙂

    Se você tiver alguma de flor, tem um post no facebook aberto para essas fotos, mas se quiser pode mandar por email mesmo!

    Abração,
    Simxer

    Reply
  4. ubiraci

    ja ate coloquei a foto para ver as mudanças mas não consigo..rsrs

    Reply
    • fotodicasbrasil

      Hahahaha, se não achar me manda um email que eu tiro um print screen da tela e te mando 🙂

      Reply
  5. Ubiraci

    show,..vou tentar..bjs e parabens pelo site e pelo incentivo..como faço pra te mandar umas fotos, estou fotografando só com as dicas do site..

    abraços

    Reply
  6. ubiraci

    como faço para preencher o lado do rosto que ficou com sombra?

    Reply
    • fotodicasbrasil

      Oi Ubiraci, no Editor online você pode usar a ferramenta Dodge Tool (tecla de atalho: O) e lá em cima na opção Range, escolha uma das três e vá experimentando: Shadows, Midtones ou Highlights.

      Abraços,
      Simxer

      Reply
      • ubiraci

        Simxer, esses modos que voce colocou não tem, ja olhei todos os modelos, fica na caixa do lado direito aonde tem a parte de camadas, confere?

        Reply
        • fotodicasbrasil

          É do lado esquerdo, parece uma lupa preta 🙂

          Reply
  7. Vera Lucia

    Gostei muito da matéria, parabéns.

    Reply
    • fotodicasbrasil

      Obrigada 🙂

      Reply
  8. Rodolfo G M

    Prezada Simxer, primeiro quero lhe parabenizar pela iniciativa de ensinar fotografia profissional aos amadores como eu. Vou seguir sua orientação e testarei o Pixlr. Mas gostaria de lhe consultar sobre o soft da Corel o Paintshop Pro x4. Eu ganhei de presente, instalei mas na verdade não estou usando. Vale a pena investir tempo nele ou tem outros mais efetivos e simples? Muito obrigado !!!

    Reply
    • fotodicasbrasil

      Rodolfo!
      Muito obrigada pela leitura e pelas palavras!
      Eu não conheço o Corel o Paintshop Pro x4, mas olhei um review e me pareceu muito legal, então eu levaria em consideração 2 coisas: A primeira é que você já tem e isso já seria um motivo pra investir um pouco de tempo. A outra seria a facilidade do uso, às vezes é mais vantajoso escolher um programa que possui muitos tutorias (como o Photoshop, por exemplo) que vai facilitar o seu aprendizado. Aconselho a buscar se o Corel o Paintshop Pro x4 é intuitivo e se é possível estudar pela internet, esses são os parâmetros que utilizo pra me dedicar a uma ferramenta e pelo menos visualmente eu gostei muuuito dele.

      Espero ter ajudado.

      Abraços,
      Simxer

      Reply
      • rodolfo

        Simxer obrigado pela sua resposta; Você me ajudo muito com ela. Vou seguir a sua orientação com certeza. Abraço!!!

        Reply
  9. Celena

    Show!!!! Estou treinando e adorando. Muito obrigada

    Reply
  10. André Macedo

    Sensacional!! Eu tinha muita vontade de aprender a mexer no Photoshop, mas agora consegui o que há tempo queria e não entendia. Mais que parabéns pela generosidade de explicar de maneira tão clara e simples!
    Valeu

    Reply
  11. luciano h. redel

    testei por cima uma ou duas funçoes do editor online,adorei,muito simples e de imediato dá o resultado na tela.

    Reply
    • fotodicasbrasil

      Obrigada Luciano pelo comentário positivo!

      Reply
  12. Ricardo

    Isso é muito massa!!! Estou adorando treinar!!! Valeu, com certeza o tutorial mais completo da internet!!

    Reply
    • fotodicasbrasil

      Obrigada Ricardo, vem muito mais por aí 🙂

      Reply
  13. Nelson

    gostei demais da dica e da forma clara exposta!!!!!

    Reply
    • fotodicasbrasil

      Obrigada Nelson, vem muito mais por aí!

      Reply
  14. Andre

    Gostei! Muito prático mesmo.

    Reply
  15. Gil Cleber

    Uma dica excelente, embora eu prefira o velho Photoshop. Porém, faço uma observação: vejo uma distinção entre a fotografia comercial, aquela que o profissional faz para atender a clientes de certo seguimento; e aquela puramente artística. Esta última é, para mim, a que de fato vale a pena, e quanto menos intervenção de software melhor. Fotografo há pouco tempo, e pouco, mas minhas raramente passam pelo Photoshop.

    Reply
    • fotodicasbrasil

      Oi Gil, entendo perfeitamente a sua colocação e realmente o Photoshop é bem mais avançado que o Pixrl. Também não sou à favor da manipulação exagerada de fotos em qualquer software, mas quando se fotografa profissionalmente (normalmente em RAW) você sempre vai precisar da revelação digital, o que não quer dizer que vc vai alterar foto, então nada melhor que ir se acostumando com um programa que talvez seja o escolhido pra isso.
      Muito obrigada pelo comentário e leitura!!

      Reply
  16. Mario Kussama

    Bastante interessante! vou começar a usar.

    Reply

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Simxer

Simxer é autora e fundadora do Foto Dicas Brasil e Fotógrafa profissional há mais de 15 anos. É empreendedora e apaixonada pelo que faz. Autora dos Best Sellers “Fotometria Simples – Você no Controle da Luz” e “Nikon ou Canon, câmera profissional ou semiprofissional? Aprenda a decidir você mesmo”, se orgulha de ministrar os melhores e mais completos cursos online de fotografia para Iniciantes e hobbystas que contam com fotógrafos iniciantes de vários países, além do Brasil, como Portugal, Estados Unidos, Japão e África. E está sempre em busca de despertar a sua paixão pela fotografia em outras pessoas e aprender com outros apaixonados!

APRENDA MAIS

ARTIGOS QUENTES

Dignidade

Fotógrafo cria série para dar visibilidade a moradores de rua

Ferramenta Poderosa

Domine a perspectiva como elemento de composição

Registrando tudo

18 ideias Criativas Para Fotografar o Crescimento do Bebê

Elemento de Composição

Aprenda a Usar o Ponto de Fuga Como Elemento De Composição

Vídeo

Aulas de Fotografia em Vídeo

AULAS ESPECIAIS

TODOS OS ARTIGOS

ESTE SITE JÁ FOI VISUALIZADO

 

vezes.

HEY, VOCÊ NÃO ESTÁ SOZINHO!

AUTORA DO FOTO DICAS BRASIL

RECOMENDAMOS!

RECOMENDAMOS!