Foto Dicas Brasil Posso Fotografar Profissionalmente com uma Câmera de Entrada? - Foto Dicas Brasil
7.571 views | by Simxer
Posso Fotografar Profissionalmente com uma Câmera de Entrada?

Agora é a Sua Vez! Domine o Photoshop. Clique Aqui.

Pela quantidade de emails que recebo com esse tipo de dúvida diariamente aqui no Foto Dicas Brasil, acredito que essa seja uma das maiores angústias pra quem está iniciando e ainda não conhece as possibilidades do seu equipamento.

Eu sei que é complicado quando ainda não se tem conhecimento para realizar com segurança um trabalho, e ao mesmo tempo não querer perder a oportunidade, mas saber equacionar a sua expectativa com a de quem está te convidando a fotografar, pode ser o primeiro passo para o sucesso. Mas afinal, o que é fotografia profissional?

Lembrando que este é um artigo de opinião, e como qualquer opinião, existem milhares diferentes, então baseio minhas respostas na minha experiência como fotógrafa profissional há mais de 15 anos e professora de iniciantes.

O Que é Fotografia Profissional?

 

Profissional é aquele que recebe remuneração pelo que está fazendo. Essa é a definição mais simples que existe, e claro que também é possível ter muitas definições subjetivas, mas essa é a principal e que se encaixa melhor nas dúvidas que recebo.

Também sei que ser profissional está além de simplesmente ter um equipamento profissional e receber pelo seu trabalho, está ligado diretamente com a postura que se espera de quem está prestando o serviço, e percebo claramente pelas perguntas que recebo, que a maior preocupação de quem está sendo contratado/convidado, é entregar fotos com qualidade que acredita ser “profissional”.

Eu “comecei” na fotografia quando ganhei minha primeira câmera profissional ao 15 anos de idade e permaneci hobbysta por muitos anos com aquela câmera que um dia quebrou, depois passei por algumas câmeras superzoons até chegar às DSLRs, por um capricho do destino, quando comecei a trabalhar profissionalmente (receber $ pelas fotos que fazia), eu estava com uma câmera semiprofissional e uma lente de kit, mas nesta época eu já dominava muito bem o meu equipamento, e o fato de ser uma câmera semiprofissional não foi impedimento para que eu ganhasse dinheiro com ela.

Meu lema sempre foi:

O bom fotógrafo não é o quem tem a melhor Câmera, mas o que domina melhor a câmera que tem.  

Tendo isso em mente, então:

Posso Fotografar Profissionalmente com uma Câmera de Entrada?

 

Retrato de Criança Posso Fotografar Profissionalmente com uma Câmera de Entrada?

Retrato Criança – Via Shutterstock

 

A resposta mais direta seria: Depende de alguns fatores, não só da câmera. Mas vamos às perguntas, talvez você se identifique com algumas delas, o que é natural, eu também já estive desse lado, também precisei perguntar a fotógrafos mais experientes se era possível tal resultado com tal equipamento, isso não é problema nenhum, isso só demonstra que estamos em busca de superar os desafios que aparecem com, pelo menos, algum preparo. Eu realmente tento responder, e você vai ver no decorrer deste artigo que não é tão simples assim.

Algumas perguntas:

–  Fui convidado pra fazer um ensaio na (praia/campo/parque/casa), mas não tenho experiência, só tenho uma Nikon D3100, lente 18-55mm e um rebatedor, nem tenho flash ainda. Você acha que eu deveria aceitar? Devo cobrar?

– Fui convidado para fazer o casamento da minha prima que será somente no civil, minha câmera é uma Canon SX50, você acha que eu consigo bons resultados? Devo fazer de graça?

– Vou fazer minha primeira festa infantil em um salão de festas lindo. Tenho uma T5i com a lente do kit 18-55mm, sem flash externo. Quais dicas você pode me dar para conseguir boas fotos nesta situação? Não estou pensando em cobrar pra diminuir a pressão de ter boas fotos.


– Tenho uma Sony DSX HX1. Preciso fotografar um casamento à noite, que configuração eu uso pra conseguir fotos profissionais? Eu cobrei bem baratinho e até disse se a noiva não gostasse, ficaria de graça.

– Tenho uma câmera simples com a lente do Kit, mas fui contratado para fazer o casamento do meu amigo e preciso urgentemente comprar um equipamento profissional para não fazer feio, o que você me sugere?

– Preciso aprender a fotografar à noite, porque semana que vem tenho a cobertura de uma festa e confesso que até hoje não consegui grandes resultados como minha D7100 e lente 18-135mm.

– Eu ganhei de presente do meu irmão uma câmera enorme que não sei mexer ainda, mas preciso que me ajude nas configurações para fotografar o aniversário dele neste fim de semana.

– Comprei uma Canon 6D com a lente do Kit e as fotos do casamento da minha amiga ficaram horríveis, posso te mandar pra você me dizer o que aconteceu?

Todas essas perguntas refletem um fenômeno natural que vem junto com o aumento substancial de câmeras fotográficas mais avançadas, e com elas a ideia errônea de quanto melhor a câmera, mais fácil ela te entregará foto incríveis, e não é bem por aí. Definitivamente ninguém com uma câmera compacta se habilitaria, nem de graça, a cobrir um casamento, show, batizado ou ensaio fotográfico.

Minha primeira dica  é:

Conseguir bons resultados fotográficos é um conjunto de equipamentos – câmera/lente/acessórios – mais habilidades desenvolvidas com estudo e prática.

A primeira coisa que percebo em comum nestas dúvidas é que os iniciantes ainda não descobriram as capacidades de seus equipamentos, então vamos falar dos tipos de câmeras mais comuns que temos no mercado e são amplamente utilizadas por fotógrafos iniciantes e hobbystas.

Modelo de Câmeras

 

Existem vários níveis de câmeras fotográficas, mas vou me ater às 2 tipos: Câmeras Superzoom e Câmeras DSLR.

Surperzoom

Câmera Superzoom Posso Fotografar Profissionalmente com uma Câmera de Entrada?

Se você não tem muita certeza se sua câmera é uma superzoom, elas são simples de identificar, não trocam de lente, são mais robustas que as câmeras compactas e normalmente vem escritos nelas uma quantidade considerada grande de Zoom como 30X, 40X, 50X, 60X, etc, além de ficarem com a lente bem comprida quando se utiliza o zoom total.

Os modelos mais populares nos meus Cursos são:  Canon PowerShot SX50 HS, SX60, SX530, Nikon P510, P520, P610,  P900, L840, Sony DSC-H300, DSC-H400 e DSC-HX400.

As superzoom evoluíram muito nos últimos anos, principalmente aquelas lançadas depois de 2014. Os modelos mais antigos são câmeras compactas com mais zoom… e só! Já as mais recentes conseguem, em boas condições de luz, resultados surpreendentes em relação às suas antecessoras. Elas continuam tendo um sensor pequeno, que é o que determina em sua maior parte, a qualidade final da foto, e por terem esse sensor menor, lidam muito mal com ISOS altos, dificultado resultados aceitáveis em fotos noturnas.

Elas nem de longe podem ser consideradas câmeras profissionais ou semiprofissionais, porém eu já vi algumas grandes lojas de departamento vendendo superzoom como sendo câmera profissional, por isso, fique muito atento!

Então pra que realmente serve ter uma superzoom? Simples, são câmeras extremamente versáteis, possuem lentes que vão desde da grande angular até a superzoom em uma única câmera da forma mais barata possível, o que não quer dizer barata, visto que para uma DSLR ter as mesmas distâncias focais que uma superzoom pode custar até 10x mais.

São câmeras desenvolvidas essencialmente para fotógrafos amadores fotografarem suas viagens e pequenos passeios. É possível fotografar profissionalmente com uma superzoom? Pouco provável, visto que além da qualidade final mais baixa em relação à câmeras DSLR, ela não possui acessórios e configurações disponíveis determinantes pra bons resultados sempre, e aqui é importante frisar esse “sempre” porque o que torna um fotógrafo profissional é a consistência de bons resultados fotográficos.

O principal comportamento que identifica um bom fotógrafo profissional é a capacidade de fazer fotos boas regularmente, e de forma consistente.  Emilio Azevedo – Premiado Fotógrafo de Casamentos.

Isso significa que você pode conseguir boas fotos do aniversário diurno do seu sobrinho, mas dificilmente você vai conseguir, devido às limitações desse tipo de câmera, conseguir sempre bons resultados em todos os aniversários que te contratarem ou convidarem para fotografar.

Como todas as câmeras, as superzoons também sobem exponencialmente de possibilidades se você fotografar no modo manual. Você pode ler aqui mais sobre assunto: “3 Razões para Fotografar no Modo Manual“.

Conheço muitas pessoas felizes da vida com suas superzoons, mas muitas estão infelizes com seus resultados e associam isso somente ao equipamento que possuem, leve em consideração que quando você vê aquelas fotos no anúncio nas propagandas de vendas dessas câmeras, 99% ou foram feitas em condições de luz espetaculares ou foram feitas no modo manual e são pós-produzidas, isso demonstra as possibilidades que aquele modelo alcança, mas não é a foto padrão, aquela do “automático”.

DSLR

As câmeras DSLR são divididas, principalmente aqui no Brasil, em 3 categorias: De entrada, semiprofissional e profissional. Mas neste artigo falarei somente das câmeras de entrada.

DSLR de Entrada

Nikon D3300 Posso Fotografar Profissionalmente com uma Câmera de Entrada?

 

As câmeras consideradas “de entrada” são desenvolvidas para o usuário iniciante, geralmente quem está comprando a primeira DSLR, então as empresas barateiam ao máximo, incluindo a qualidade física, pra atrair um público que gosta de fotografar, mas não sabe ao certo ainda, o que significa ter uma DSLR, e tudo que envolve para conseguir bons resultados, mas como todas as outras, está longe de ser uma câmera para se fotografar no modo automático.

Entre as suas irmãs mais avançadas, elas são as menores e mais leves, até lembram o tamanho de uma superzoom, mas trocam de lentes. E como qualquer câmera, inclusive de celular, em excelentes condições de luz, você vai conseguir boas fotos no modo automático. A grande vantagem de uma DSLR de entrada para uma câmera compacta ou até uma superzoom, é que ela terá muito mais qualidade e principalmente possibilidades dependendo da junção entre lentes e ajustes. É claro que ela é voltada, pelos fabricantes, para um nível de automatização muito maior do que as câmeras ditas semiprofissionais e profissionais, afinal a ideia é ser amigável, e é uma excelente opção pra você que quer estudar fotografia, porque você vai ser capaz de ter ótimos resultados e vai perceber exatamente pra onde você vai ter que ir, ou seja, pra qual tipo de câmera, quando ela já não responder mais pro tipo de foto que você está esperando.

A grande vantagem de qualquer DSLR, inclusive as de entrada, é que elas não ficam obsoletas rapidamente, ao contrário de outros tipos de câmera, então você pode comprar inclusive uma usada pra ver se é realmente o que você quer, ou investir em uma câmera nova, sabendo, que terá alguns anos para se aprimorar como fotógrafo e conseguir melhores resultados.  Existem excelentes modelos no mercado como as Canons T5, T5i e T6i, ou as Nikons D3300, D5300 ou D5500.

Dois fotógrafos Posso Fotografar Profissionalmente com uma Câmera de Entrada?

Dois Fotógrafos – Via Shutterstock

 

As câmeras DSLR de entrada, são voltadas para estudantes de fotografia, ou fotógrafos amadores que querem experimentar uma DSLR, não são câmeras voltadas para fotografar eventos, porque possuem limitações como velocidade de gravação, velocidade de disparo e vida útil da bateria, itens indispensáveis para conseguir um resultado profissional, mas podem ser excelentes opções para filmagens como por exemplo, a T5i.

É possível fotografar profissionalmente com uma câmera de entrada? Aqui, o que vai determinar suas chances de conseguir bons resultados (dentro das limitações deste tipo de câmera), será a sua habilidade fotográfica, e como já disse milhares de vezes, fotografar no modo manual pra quem está pensando em fotografar profissionalmente, não é opcional, já que mesmo que você mude para outros modos de cena semiautomáticos, como o P, AV ou TV, você obrigatoriamente precisa saber fotometrar e entender como trabalham em conjunto a Abertura, Velocidade e ISO. E os acessórios que podem aumentar a capacidade da sua câmera como lentes e Flash.

Ensaio Gestante Posso Fotografar Profissionalmente com uma Câmera de Entrada?

Ensaio Gestante – Via Shutterstock

 

O mais delicado de investir neste tipo de câmera é que os melhores acessórios normalmente são mais caros que a própria câmera. Há pouco tempo uma leitora me perguntou qual lente profissional eu indicaria para ela fazer retrato, além da 50mm f/1.8 que ela já possuía, eu indiquei a 24-70mm por ser excelente e mais versátil do que algumas lentes fixas para o mesmo fim. Acontece que a câmera dela é uma Nikon D3300, uma dos melhores custo x benefício pra quem está iniciando, e custa em média de U$500,00 (dólares), já a lente Canon 24-70mm f/2.8 custa U$1.800,00 (dólares).

Nesta situação minha melhor dica é:

Estudar ao máximo sua câmera e lente, pode trazer resultados muito superiores do que equipamentos mais avançados sem você dominá-los.

No caso de retrato, ter uma câmera de entrada, uma lente clara como a 50mm f/1.8, um rebatedor, fotografar no modo manual e buscar fazer ensaios diurnos e ao ar livre, podem significar conseguir juntar dinheiro suficiente para investir em um equipamento mais avançado e partir pra ensaios noturnos ou em locais fechado.

Resumindo, em que condições eu consigo fotografar profissionalmente com uma câmera de entrada?

1º Dominando o modo manual – indispensável!

2º Dando preferência para fotografias diurnas ou em locais de luz controlada.

3º Se atendo à eventos pequenos como um casamento no civil em um lugar aberto, e de dia.

4º Investindo em acessórios como flash externo, difusores e rebatedores.

O que vai fazer você conseguir grandes resultados é, e sempre será, no caso da fotografia, a luz! Da quantidade à qualidade, passando pelo seu domínio, esse é o desafio diário de todos nós que amamos tanto essa arte. Se tiver isso em mente, terá metade do caminho andado.

Estúdio Profissional Posso Fotografar Profissionalmente com uma Câmera de Entrada?

Estúdio Profissional – Via Shutterstock

 

Vi há pouco tempo um artigo de um grande canal de fotografia com uma matéria extensa de um fotógrafo demonstrando como era possível conseguir resultados profissionais com um celular. Se um uma pessoa lê a matéria sem prestar atenção aos detalhes, fica achando que comprou sua DSLR à toa, mas na verdade era quase um pegadinha, sim, todas as fotos eram feitas com um celular (excelente, por sinal), mas todas as condições das fotos eram profissionais! A começar pelo fotógrafo que visivelmente dominava como ninguém os conceitos de iluminação, passando pela modelo, também profissional e super bem produzida e fechando com gigantescos difusores de iluminação que normalmente conseguem fazer qualquer um parecer lindo, mesmo acordando!

Ao meu ver, as fotos ficaram incríveis… para um celular, mas longe dos resultados que estamos acostumados com as nossas queridas DSLR.

Conclusão

 

Mulher posando Posso Fotografar Profissionalmente com uma Câmera de Entrada?

Mulher Posando – Via Shutterstock

 

Foto profissional geralmente é feita por um… profissional, e aí não é só uma questão de câmera, mas ajuda bastante, quanto mais evoluída for essa câmera, mais ela vai ter recursos para te dar um resultado melhor, mas você vai precisar dominar esses recursos, senão você vai tirar a mesma foto que você tirava com a superzoom. O que eu quero dizer com isso, é que a evolução do seu equipamento está diretamente ligado à sua evolução como fotógrafo, você precisa ler o manual, buscar entender como funciona a fotometria e quais são as reais possibilidades que sua câmera oferece. A grande vantagem de saber tudo isso, é que você vai poder equacionar a sua expectativa (ou do seu cliente) com a câmera que você tem, não precisa ser adivinha, ou se basear na suposição de outra pessoa, mesmo que essa seja mais experiente que você.

Vai fazer um evento noturno? Fotografe sua sala à noite, junte uns amigos e simule pessoas festejando como no evento que pretende cobrir. Um ensaio de dia? Não deixe pra “treinar” com seu cliente, visite o local com outra pessoa, faça fotos em todas as configurações possíveis, observe o lugar, com calma, sem pressão do resultado, descubra os limites da sua câmera, da sua lente, das suas habilidades.

Não sabe qual seria a melhor lente para o tipo de foto que pretende fazer? Visite sites como Flikr e 500px e observe os equipamentos utilizados por quem faz o tipo de foto que pretende cobrir.

Se você tem uma câmera de entrada, antes de aceitar um trabalho, seja ele remunerado ou não, responda sim ao máximo das perguntas a seguir:

– O que ou quem eu irei fotografar pode repetir a foto ou pose?

– Onde irei fotografar, terei tempo de me adaptar, mudar a iluminação, ou testar a luz no local?

– Quando eu irei fotografar, me dará tempo suficiente para treinar o tipo de iluminação que provavelmente terei que lidar?

– O tipo de lente, câmera e acessórios que usarei  possuem recursos suficientes para entregar fotos de qualidade?

– Eu estou comprometido em aprender a lidar com meu equipamento e a dedicar tempo para isso antes de fazer o trabalho?

Já vi muito iniciante fazer milagres com equipamentos de entrada e também já vi muitas fotos ruins de equipamentos profissionais, o que me leva a concluir que o preparo do fotógrafo sempre estará acima de qualquer equipamento.

O encontro da preparação com a oportunidade gera o que chamamos de sorte.  Anthony Robbins

E por último, com todas essas respostas, seja sincero com quem está te contratando ou te convidando, mostre algumas fotos naquelas condições, você pode se surpreender como é mais tranquilo trabalhar quando as expectativas estão nos níveis que devem estar.

Espero que esse artigo tenha sido útil pra você, se gostou desse tipo de artigo, compartilhe bastante e me diz aqui nos comentários o que você achou.

Até breve e vamos juntos!

AssinaturaPosts New Posso Fotografar Profissionalmente com uma Câmera de Entrada?

Imagem destacada: Mulher Fotografando – Via Shutterstock

 

Posso Fotografar Profissionalmente com uma Câmera de Entrada? 4.84/5 (96.76%) 148 votes
pixel Posso Fotografar Profissionalmente com uma Câmera de Entrada?

Slide background
Slide background
Slide background
Slide background


Simxer é autora e fundadora do Foto Dicas Brasil e Fotógrafa profissional há mais de 15 anos. É empreendedora e apaixonada pelo que faz. Autora dos Best Sellers "Fotometria Simples - Você no Controle da Luz" e "Nikon ou Canon, câmera profissional ou semiprofissional? Aprenda a decidir você mesmo", se orgulha de ministrar o melhor e mais completo curso online de fotografia para Iniciantes, o "Curso Online Fotografia Profissional para Amadores", que conta com fotógrafos iniciantes de vários países além do Brasil como Portugal, Estados Unidos, Japão e África. E está sempre em busca de despertar a sua paixão pela fotografia em outras pessoas e aprender com outros apaixonados!

40 Comments
  • weliton machadowel

    Muito bom seus comentários me ajudou muito.

  • Mais uma vez arrasando nos seus artigos. Falou tudo! Parabéns.

  • Olá Simxer
    Obrigado mais uma vêz pelas dicas.
    Tenho duas câmeras Super Zoom, e realmente para o que gosto de fotografar elas atendem bem ao meu interesse. quanto a fotografar eventos concordo plenamente com suas explicações.
    Abraços.

  • Excelente artigo, muito esclarecedor para quem está começando.

  • Excelente!! Claro, objetivo, e muito substantivo. Parabéns.

  • Olá, Simxer! gostei muito do artigo, sou iniciante e adquirir uma DSLR (Nikon 5500) a aproximados 10 dias e é o meu primeiro contato com uma máquina fotográfica, ainda estou lendo o manual, e também estou fazendo o curso de fotografia para iniciante. O seu artigo trás lucidez para quem está começando e acha que basta apontar a câmera e apertar um botão e pronto, temos uma bela foto. fico grato por sua transparência e lucidez nas informações que você transmite neste artigo e em suas aulas que estou gostando bastante. Obrigado por compartilhar o seu conhecimento e experiência.

  • Adorei esse artigo, estou aprendendo muito com as dicas da Simxer.

  • Olá Simxer! Sou leitor a quase um ano aqui do seu site e agradeço por cada artigo aqui que ajudam e muito! Confesso que fiquei um pouco triste com esse artigo. Tenho uma superzoom Fujifilm S4500 e uma DSLR Nikon D3200. Lembro-me de quando a Nikon chegou e eu fiquei louco me achando totalmente preparado para qualquer situação. E na mesma semana fui fotografar um evento a noite e que eu não poderia usar o flash (apresentação teatral), e dai minhas fotos ficaram terríveis. Mas essa experiência me fez estudar e melhorar minhas técnicas e tem me ajudado a fazer algumas fotos boas. Hoje eu sei das limitações da minha câmera e acredito que o que mais importa são os acessórios. Boas lentes, flashs, rebatedores, tripé e etc… Pretendo ir adquirindo esses acessórios e depois atualizar minha câmera. Se possível, da uma olhada no meu flickr e da uma opinião! Grato!

    • Oi Daniel, imagino a decepção, essa é uma sensação comum, mas pelo o que eu vi no seu Flickr, você está no caminho certo, parabéns!

      Abraços,
      Simxer

  • Fotografo por hobby apenas. Acho que quem vai fotografar cobrando por isso, também deve ter uma camera de backup. Principalmente em festas.

  • Olá Simxer!! Acho otimo essas dicas suas, continue nos mandado.
    Renato (Criciuma SC)

  • Você consegue ser simples assim. Traduz o que precisamos saber. Parabéns.

  • Muito legal esse artigo. Tenho uma Nikon 3300 para treinar e uma Nikon D810 para tirar fotos mais profissionais, Mas estou estudando ainda.
    Muito obrigada! gusto muito dos seus artigos

  • Excelente artigo… amo ler todos.
    Aprendo sempre um pouco com cada artigo publicado!

    Parabéns pelo trabalho.

  • Olá Simxer, bom dia!
    Li seus artigos e os acho muito interessante, porém fiz alguns teste conforme as dicas, mas não consegui um resultado diferente dos que consigo no modo manual. Porém, fiz várias fotos com aberturas diferente, variando a velocidade bem como o iso. Mas continuo não vendo progresso nas minhas fotos. Tenho uma NIKON 18-55mm, tentei fazer aquele teste de profundidade, mas não deu o resultado parecido com a da dica. Inclusive segui as orientações sobre iluminação, mas nada.

    O que eu estaria fazendo de errado? Pode me orientar?

  • Complementando…uma Nikon D40-X com lente 18: 55mm

  • Boa noite! Não conhecia seu blog, parabéns!
    Bom, sou Tales Cardoso, sou corretor de imóveis, tinha uma superzoom da fuji, achava muito boa, mas quebrou e não está valendo a pena consertar. Gostou muito de fotografia, tiro muitas fotos dos imóveis que vendo, preciso de uma ajuda, qual máquina eu deveria comprar para o meu trabalho(maioria das fotos, são internas, dos cômodos, preciso de uma lente com um bom ângulo de abertura) mas adoro viajar e tirar fotos dos momentos e dos lugares.
    Fico no aguardo!

    • Nesse caso, a superzoom continua sendo um ótimo custo x benefício. Qualquer modelo recente da Canon ou Nikon vão ser úteis pra vcê.Abraços, Simxer ​

  • Minha cara mestra, você acaba de exorcisar o fantasma daqueles que estavam materialmente preparados para iniciar na carreira, porém tinham mêdo.

  • Me chamaram para fazer as fotos de um chá de bebê e estou pensando em me aprimorar nessa area, gostaria de saber se a camera fujifilm S4500 é boa para iniciantes?

    • Oi Thais, a S4500 é uma superzoom, não é voltada pra fotografar eventos, mas não é impossível. Dá uma lida neste artigo e veja se você mesma consegue responder melhor sua pergunta, ok?fotodicasbrasil.com.br/superzoom-nao-e-dslr/Com as informações desses dois artigos você vai ficar mais segura de começar com essa câmera ou não. De qualquer forma, ela possui o modo manual, e que – você estudando – aumenta e muito as suas possibilidades de resultados, tenho vários alunos dos meus cursos online que usam superzoom. <a href="http://www.fotodicasbrasil.com.br/cursoswww.fotodicasbrasil.com.br/cursos<br />​Abraços, Simxer ​

  • Boa noite, adorei as dicas.

    Eu tenho uma Nikon D90 e ainda sim as vezes me sinto inaugura para fazer alguns eventos, mais tenho feito, dizem que ela é uma das melhores, mais queria uma melhor ainda, qual me indica?

    Eu tenho dificuldade com ISO, e as vezes minhas imagens saem granulados, ou acho que está boa mais quando passo para o PC vejo que está ruim.

    • Oi Debora a D90 é antiga, qualquer câmera semiprofissional mais nova vai lidar melhor com ISO (o ideal seria uma profissional). Pode ser a Nikon D7000, D7100, D7200, ou Canon 7D ou 7D MarkII.
      Abraços,
      Simxer

  • olá Simxer, estou amando suas dicas e prometo estudar a risca cada post, já salvei em meus favoritos pra facilitar na hora dos estudos, sou uma amante de fotografia, desde muito nova sempre amei olhar fotografias e admirava fotógrafos, de alguns anos para cá passei a me interessar mais pelo assunto e me apaixonar mais ainda, hojte tenho uma DSLR que ganhei de presente do meu esposo do dia dos namorados, faz 1 mês e alguns dias, é uma Canon t4i e possuo apenas a lente 55-250 no momento, gostaria de saber se estudando e praticando bastante consigo fazer excelentes fotos com esse equipamento? o que você me diz sobre essa lente? Quero agradecer desde já pela atenção em me responder, já faço parte no seu watsaap e recebo as dicas, estou gostando bastante, tenha uma boa noite.

    • Oi Crys, tudo bem? Fico feliz que esteja podendo praticar sua paixão!A 55-250mm é uma ótima lente como complemento da 18-55mm que costuma vir nos kits. Você precisa estudar pra tirar o melhor dela. Se você só tiver ela, como sua câmera é de entrada e por isso possui fator de corte – eu tenho artigos explicando isso – você vai sentir falta de ângulos mais abertos, mas talvez não agora. O importante é que é um ótimo equipamento pra você estudar e praticar, e quanto mais fizer isso, melhores resultados terá! Parabéns pelo interesse!Abraços, Simxer ​

Leave a Reply

— required *

— required *

Powered by Foto Dicas Brasil.